Menu

Projetos Especiais

Guia Definitivo do Imposto de Renda

2020-06-01T07:49:18-03:00
Marina Gazzoni
Marina Gazzoni
CEO do Seu Dinheiro. É CFP® (Certified Financial Planner). Tem graduação em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e MBA em Informação Econômico-Financeira e Mercado de Capitais no Instituto Educacional BM&FBovespa. Foi Diretora de Conteúdo e editora-chefe do Seu Dinheiro, editora de Economia do G1 e repórter de O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo e do portal IG.
Hora de encarar o Leão

Seu tempo está acabando…

Se você tem dúvidas sobre como declarar seus dados, o Seu Dinheiro pode te ajudar.

1 de junho de 2020
8:00 - atualizado às 7:49
calendário
Imagem: Shutterstock

Estamos nos aproximando da reta final para a declaração do Imposto de Renda. O prazo começou a rodar em março e agora só resta um mês.

Se você tem dúvidas sobre como declarar seus dados, o Seu Dinheiro pode te ajudar.

Preparamos 35 vídeos-tutoriais que mostram como preencher a declaração no programa da Receita Federal.

Veja os temas contemplados:

  • Regras gerais do IR2020
  • Dependentes
  • Pensão alimentícia 
  • Gastos dedutíveis 
  • Aposentadoria e pensão da Previdência Social 
  • Aluguéis pagos e recebidos 
  • Empréstimos e financiamentos 
  • Doações feitas e recebidas 
  • Veículos 
  • Imóveis 
  • Declaração de autônomo e MEI  
  • Investimentos (ações, renda fixa, fundo de investimento, fundo imobiliário, opções, ETF, previdência privada...) 
  • Retificação da declaração 
  • Como pagar o imposto de renda 

Mesmo assim, sabemos que alguns leitores têm situações bem específicas para declarar.

Não vamos deixar ninguém na mão.

A Julia Wiltgen está recebendo essas dúvidas e já respondeu a centenas delas com o auxílio de um advogado tributarista.

Veja alguns exemplos de perguntas que foram respondidas ao vivo no último dia 28:

  • Como declarar a poupança de um dependente que nunca foi informada?
  • Como declarar indenização trabalhista?
  • Como informar honorários advocatícios?
  • Um autônomo que não recolheu carnê-leão sobre rendimentos de pessoa física nem tem os CPFs das fontes pagadoras pode informar esses rendimentos? 

Como você pode ver, são casos bem específicos. Esses leitores conseguiram as respostas com o Seu Dinheiro por uma fração do que pagariam para consultar um contador.

Se você ainda não tomou coragem de encarar o Leão, sugiro que se apresse.

Aproveite o domingo, baixe o programa e comece a declaração.

Se tiver alguma dúvida, acesse o Guia Definitivo do Imposto de Renda. E, caso tenha uma situação específica, mande sua pergunta para o Seu Dinheiro.

Aqui está o link com mais informações sobre o Guia. Se você já conhece o projeto e quer fazer sua inscrição com um clique este é o caminho direto.

ACESSAR O GUIA DEFINITIVO DO IMPOSTO DE RENDA

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Perseguição ao bitcoin?

Irã fecha ‘fazendas’ de mineração de bitcoin para conter apagões no país; entenda

Governo culpa centros de processamento de criptomoedas por blackouts devido à ‘sobrecarga energética’ da rede de mineração; ao mesmo tempo, Irã usa o bitcoin para amenizar sanções bancárias dos EUA

Lei Orçamentária Anual

Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo precisa controlar gastos

Manutenção do auxílio emergencial é dúvidas neste início de ano

Pé no freio

Incertezas políticas e fiscais mantêm estrangeiros cautelosos com o Brasil

Após meses de fuga do capital externo do País, os últimos meses de 2020 mostraram o começo do retorno dos investidores de portfólio, mas o ritmo ainda é insuficiente para reverter a forte saída de dólares do Brasil

Crescimento

Vale (VALE3) prevê investir US$ 2,7 bilhões na região norte até 2024

Companhia pretende ainda investir US$ 5,8 bilhões em 2021, dos quais US$ 1 bilhão serão apenas para expansão

ESTRADA DO FUTURO

Grafeno, urânio e lítio… cuidado com a obsessão de enriquecer com a próxima tecnologia do futuro

O boom de empresas de tecnologia alimenta uma esperança quase ingênua de enriquecer “horrores” descobrindo como esses materiais moldarão o nosso futuro. Vou ser totalmente transparente com você: não gosto da ideia.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies