🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Chegou a sua vez?

Receita Federal libera nesta quinta consulta ao segundo lote de restituição do IR; veja se você será contemplado

Depósito dos valores será feito no dia 30 de junho. Veja como fazer a consulta

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
23 de junho de 2022
6:00 - atualizado às 21:18
leão. imposto de renda
Segundo lote é o primeiro a contemplar quem entregou a declaração no início do prazo, mas não se enquadra entre as prioridades. Imagem: Shutterstock

A Receita Federal libera nesta quinta-feira (23), às 10h, a consulta ao segundo lote de restituição do imposto de renda 2022 e de lotes residuais de exercícios anteriores. O pagamento da restituição, para quem for contemplado neste lote, será depositado no dia 30 de junho.

O segundo lote da restituição de IR já começa a contemplar aqueles contribuintes que entregaram as suas declarações no início do prazo, mas não se enquadram nas prioridades estabelecidas por Lei (idosos, portadores de deficiência ou doenças graves e professores), abarcadas pelo primeiro lote.

Assim, se você entregou a sua declaração até o dia 19 de março deste ano e não recebeu a sua restituição no primeiro lote, pode ter chegado a sua vez. Segundo a Receita Federal, serão contemplados neste lote 4.250.448 contribuintes, sendo 1.473.640 prioritários e 2.776.808 não prioritários. O valor pago totaliza cerca de R$ 6,3 bilhões.

Os próximos lotes, cuja consulta ainda não está liberada, serão pagos nos dias 29 de julho, 31 de agosto e 30 de setembro.

Como fazer a consulta à restituição

Para saber se sua restituição já estará disponível nesse segundo lote, acesse o site da Receita Federal, clique em "Meu Imposto de Renda" e, em seguida, em "Consultar a Restituição". A página apresenta o canal para fazer a consulta e também o caminho para ver informações mais detalhadas pelo e-CAC, o centro de atendimento virtual da Receita.

A consulta também pode ser efetuada pelo aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para celulares e tablets.

O valor da restituição será depositado na conta bancária informada pelo contribuinte na declaração de imposto de renda. Caso o crédito não seja realizado - por exemplo, porque a conta informada foi desativada -, os valores ficarão disponíveis para resgate no Banco do Brasil por até um ano.

Neste caso, o contribuinte pode reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento BB, pelos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".

Leia também

Compartilhe

Chegou a sua vez?

Receita Federal abre nesta quarta-feira (24) consulta ao quarto lote de restituição do imposto de renda; veja como conferir se você será contemplado

24 de agosto de 2022 - 6:00

Penúltimo lote de restituição abarca contribuintes que entregaram a declaração até 30 de maio; pagamento será feito dia 31 de agosto

Seu Dinheiro

POR MAIS DÓLARES Estrangeiro pode ganhar isenção de IR para investir em debêntures no país

20 de julho de 2022 - 11:42

Expectativa é de que projeto ganhe fôlego no Congresso ao término do recesso parlamentar iniciado na segunda-feira

Alívio no bolso

STF proibiu cobrança de imposto de renda sobre pensão alimentícia; já devo parar de recolher carnê-leão?

1 de julho de 2022 - 7:06

No início de junho, os ministros do Supremo consideraram a tributação das pensões inconstitucional; saiba o que fazer caso você seja o responsável por recolher o IR sobre esse tipo de rendimento

Novidade boa

Conheça o projeto no Congresso que pode mudar (para melhor) o investimento em previdência privada

24 de junho de 2022 - 6:30

Projeto de Lei permite a participante de plano de previdência optar pela tabela de imposto de renda mais vantajosa para si até o momento de começar a resgatar ou receber renda; hoje, escolha só é possível após contratação do plano ou portabilidade

IR 2022

Caiu na malha fina? Veja como regularizar a situação

3 de junho de 2022 - 7:30

Saiba como regularizar a sua situação junto a Receita Federal caso a sua declaração apresente informações inconsistentes e caia na malha fina do imposto de renda

IR 2022

Perdeu o prazo para declarar o imposto de renda 2022? Saiba o que fazer

1 de junho de 2022 - 6:30

Fim do prazo oficial para o envio da sua declaração do imposto de renda 2022 foi no dia 31 de maio. Saiba como acertar as contas com o Leão agora e pagar a multa por atraso

IR 2022

Deixou para a última hora? Confira o guia rápido para declarar o IR 2022 e não perder o prazo

30 de maio de 2022 - 6:30

Deixou para a última hora? Veja como agilizar o preenchimento da declaração para evitar multa

IR 2022

Reta final do IR 2022: o que acontece se eu não declarar o imposto de renda?

26 de maio de 2022 - 6:30

Prazo para entregar a declaração de imposto de renda 2022 termina na próxima terça-feira (31). Acha que não vai dar tempo? Veja o que pode acontecer com quem não entrega a declaração

IR 2022

A Receita Federal não foi boazinha ao ampliar o prazo de entrega da declaração de IR até 31 de maio; ela apenas arrumou um jeito de te pagar menos. Entenda

24 de maio de 2022 - 7:00

Restituições serão menores do que se o prazo original, com término em abril, tivesse sido mantido

IR 2022

Deixei de pagar imposto de renda que eu deveria ter pago em 2021. Como recolher em atraso?

19 de maio de 2022 - 7:00

A Receita Federal dispõe de um programa específico para a emissão de DARFs com multa e juros por conta de atraso. Veja como utilizá-lo

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar