Menu
2020-04-15T18:30:12-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Prévia do trimestre

XP tem queda nos ativos sob custódia em meio à crise, mas receita sobe

O total de ativos sob custódia na instituição registrou uma redução de 10,5% no trimestre e encerrou o mês de março em R$ 366 bilhões

15 de abril de 2020
17:56 - atualizado às 18:30
XP Investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A crise do coronavírus, que derrubou o valor de mercado da maioria dos ativos nas últimas semanas, cobrou seu preço para os clientes da XP Investimentos.

O total de ativos sob custódia na instituição registrou uma redução de 10,5% no trimestre e encerrou o mês de março em R$ 366 bilhões, de acordo com dados da prévia operacional divulgada hoje.

Apesar da queda nos ativos sob custódia, a expectativa da XP é que a receita bruta da empresa apresente um aumento de mais de 60% em relação ao primeiro trimestre do ano passado e alcance mais de R$ 1,6 bilhão. Já a margem líquida ajustada deve avançar mais 4 pontos percentuais e superar os 22%.

Mesmo com a crise, o número de clientes na XP aumentou 18% no trimestre e passou da marca de 2 milhões, segundo a empresa, que abriu o capital em dezembro do ano passado na bolsa norte-americana Nasdaq.

Apesar da queda no total de ativos, a XP registrou uma entrada líquida de R$ 36 bilhões de recursos de investidores no trimestre.

Já o índice de satisfação dos clientes medido pelo NPS registrou uma queda de 1 ponto, de 73 para 72 pontos. Ao longo do mês de março, os sistemas da XP apresentaram uma série de problemas, que foram relatados pelos usuários em redes sociais.

A empresa vai detalhar os números logo mais em uma apresentação para investidores. Clique aqui para acompanhar a videoconferência.

Leia também:

Nada muda

A crise do coronavírus não vai mudar as projeções de médio prazo divulgadas pela XP, afirmou Bruno Constantino, diretor financeiro da companhia, em uma apresentação para investidores logo após a divulgação dos números.

“Não estamos diminuindo o tamanho do problema, mas não vemos razão para mudar nada no guidance [projeções] de médio prazo. A razão é o tamanho da oportunidade e alta concentração do mercado no Brasil”, afirmou.

A XP projeta um crescimento na receita bruta acima de 35% ao ano em um prazo de três a cinco anos e uma margem líquida ajustada entre 18% e 22% no mesmo período.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SD PREMIUM

Segredos da Bolsa: Semana promete ser agitada com Copom, IBC-Br, Biden e mais…

A semana promete ser agitada, com importantes indicadores no radar e a “mudança de guarda” nos Estados Unidos

Temos vacina!

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca

Primeiros profissionais de saúde já foram vacinados em pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria

Mais uma recomendação

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Mais cedo, área técnica havia defendido aprovação da CoronaVac

Ainda falta...

Anvisa devolve pedido de uso emergencial da Sputnik

Laboratório russo não apresentou os requisitos mínimos para que o pedido de uso emergencial pudesse ser analisado pela agência

Quase lá

Área técnica da Anvisa recomenda uso emergencial da CoronaVac

Diretores da agência analisam pedidos de uso de vacinas. No momento, a área técnica ainda faz a apresentação. Em seguida, a relatora do tema, diretora Meiruze Freitas lerá seu voto, com os outros quatro diretores da agência votando depois

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies