2020-01-29T18:56:01-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Nova cartada do bilionário

Warren Buffett vende seu império de jornais por US$ 140 milhões e deixa o setor de imprensa

A Berkshire Hathaway, conglomerado de investimentos administrado por Warren Buffett, vendeu hoje sua divisão de jornais à Lee Enterprises

29 de janeiro de 2020
13:58 - atualizado às 18:56
Imagem: Shutterstock

Os dias do megainvestidor Warren Buffett como dono de jornal chegaram ao fim nesta quarta-feira (29). Mais cedo, o bilionário anunciou a venda de seu império de publicações para a Lee Enterprises, por US$ 140 milhões — deixando de vez o setor de imprensa.

Buffett, um entusiasta da mídia impressa, era dono do The Buffalo News, de Nova York, desde 1977. Desde então, ele comprou diversas publicações e criou a BH Media Group para administrar todos os ativos dessa natureza — atualmente, a empresa era responsável por 31 jornais.

A Lee Enterprises é uma editora tradicional dos Estados Unidos e que possui mais de 200 publicações sob sua responsabilidade. O mercado gostou da novidade: as ações da companhia (LEE) dispararam 66,67%, a US$ 2,10.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Os papéis da Berkshire Hathaway — o conglomerado de investimentos administrado por Buffett e que controlava a BH Media Group — também ficaram no azul: fecharam em alta de 0,21%, a US$ 224,50.

"Acreditamos que a Lee é a empresa melhor posicionada para gerenciar [os jornais da BH Media] em meio aos desafios do setor", escreveu Buffett, em mensagem aos acionistas. "Nenhuma companhia está mais comprometida com a função vital de distribuir notícias locais de alta qualidade".

Além das declarações frisando o compromisso da Lee em continuar publicando os jornais da BH Media, Buffett ainda deu outro sinal de que pretende continuar zelando por suas antigas publicações à distância: a Berkshire Hathaway financiou a operação.

O conglomerado administrado pelo bilionário concedeu uma linha de financiamento de longo prazo de US$ 576 milhões à Lee, com uma taxa anual de 9%. Assim, parte desse montante será usado para comprar a BH Media, e o restante irá para refinanciar a dívida atual da empresa, de US$ 400 milhões.

"Tenho a confiança de que nossos jornais estarão em boas mãos, e também estou satisfeito em aprofundar o relacionamento de longo prazo com a Lee através do acordo de financiamento".

As 31 publicações controladas por pela BH Media eram publicadas em 10 estados americanos: Alabama, Iowa, Nebraska, Nova Jersey, Nova York, Carolina do Norte, Oklahoma, Carolina do Sul, Texas e Virgínia.

Veja abaixo a capa de hoje do The Buffalo News — a última sob o comando de Buffet:

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

RAIO-X DO ORÇAMENTO

Fundo eleitoral, emendas do relator e reajuste dos servidores: 3 pontos do Orçamento para 2022 que mexem com a bolsa esta semana

Entre emendas parlamentares superavitárias e reajuste dos policiais federais, o Orçamento deve ser publicado no Diário Oficial na segunda-feira (24)

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir