Menu
2020-08-13T12:48:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
trimestre da pandemia

Via Varejo tem prejuízo operacional de R$ 176 milhões, mas acelera e-commerce

No e-commerce, a companhia informou que o GMV foi de R$5,1 bilhões no trimestre – alta de 280%; venda no canal online cresceu 299,4% em um ano, a R$ 4,282 bilhões

13 de agosto de 2020
6:43 - atualizado às 12:48
Fachada de uma loja das Casas Bahia
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via Varejo - Imagem: Divulgação

A Via Varejo divulgou um lucro líquido R$ 65 milhões no segundo trimestre - saindo do prejuízo de R$ 162 milhões de um ano atrás. Mas pelo critério operacional, a empresa manteve a linha no vermelho, a R$ 176 milhões - ante prejuízo de R$ 296 milhões no segundo trimestre de 2019.

Segundo a empresa, o resultado reflete o desempenho considerado "excelente" no e-commerce, mas também a desalavancagem operacional por conta da queda de receita, custos fixos vinculados ao fechamento de lojas na pandemia e aumento da despesa financeira.

Analistas do mercado financeiro previam que a companhia registrasse um prejuízo líquido de R$ 185,7 milhões, segundo a Bloomberg. A empresa está em um ciclo de alta na bolsa - cerca de 70% desde janeiro - por conta da expectativa da "virada" para o digital.

On-line avança

No e-commerce, a companhia informou que o GMV ("Gross Merchandise Volume", preço de venda cobrado ao cliente multiplicado pelo número de itens vendidos) foi de R$ 5,1 bilhões no trimestre - alta de 280%.

Em um trimestre marcado pela pandemia e lojas físicas fechadas em grande parte do tempo, a empresa diz que o canal on-line representou 70% das vendas no período - avanço de 51,5 pontos porcentuais em relação ao segundo trimestre de 2019.

Lojas físicas registraram queda de 63% nas vendas, para R$ 2,179 bilhões, diz a varejista. Já o canal online cresceu 299,4% em um ano, a R$ 4,282 bilhões.

A Via Varejo atribuiu o bom desempenho do on-line à estabilidade das ferramentas (sites e aplicativos), à introdução de melhorias na experiência do cliente e ao sucesso das iniciativas de marketing.

"Continuamos a observar uma excepcional performance do e-commerce no terceiro trimestre, com ganhos expressivos de market share e manutenção da rentabilidade", diz a companhia em comunicado.

Outros números da Via Varejo

Segundo a empresa, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de R$ 555 milhões - avanço de 45,7% em um ano. Pelo critério operacional, o resultado foi de R$ 314 milhões - uma alta de 76%. A margem Ebitda ajustada cresceu 4,2 pontos porcentuais, para 10,5%.

A receita líquida da Via Varejo teve redução de 12,4%, para R$ 5,280 bilhões, em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado financeiro líquido foi de despesa de R$ 200 milhões. Incluindo ajustes não recorrentes, o resultado ficou negativo em R$ 323 milhões.

O valor bruto de mercadoria (GMV, na sigla em inglês) cresceu 0,5%, para R$ 7,260 bilhões. Considerando-se apenas o canal on-line, a alta foi de 279,6%, para R$ 5,081 bilhões.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Para dar e vender

Defensivas e com potencial de crescimento: como as ações do setor de saúde ainda podem dar muitas alegrias na bolsa

A combinação de baixo endividamento, bons níveis de caixa e espaço para consolidação tornam as ações do segmento muito atrativas, segundo analistas

Fernando Cirne

A importância das fusões e aquisições para a Locaweb

Já avaliamos mais de 1.900 empresas e, desde o IPO, concluímos 10 importantes aquisições, que se somaram às outras seis concretizadas antes da abertura de capital

seu dinheiro na sua noite

IPO da Smart Fit: vai sair da jaula o monstro!

Eu nunca fui muito de academia, confesso. Já tive meus tempos de malhar regularmente, mas nunca consegui tomar gosto pela coisa. Exercícios repetitivos não me cativam, meu negócio sempre foi dançar, de preferência em turma, com professor e horário, se não eu falto. Como você deve imaginar, entre meus colegas jornalistas não é muito diferente. […]

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies