Menu
2020-08-06T14:57:22-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
ações em alta

Totvs, BRF e shoppings: os destaques do Ibovespa nesta quinta-feira

Resultados do segundo trimestre e papéis com forte desconto explicam parte do movimento de alguns dos destaques da bolsa brasileira hoje

6 de agosto de 2020
12:23 - atualizado às 14:57
Shopping center
Imagem: Shutterstock

As ações de Totvs, BRF, Multiplan, brMalls e Iguatemi são alguns dos destaques do Ibovespa nesta quinta-feira (6), pregão marcado pela pós-decisão de corte de juros do Banco Central.

As ações da empresa de software Totvs sobem por causa dos resultados do segundo trimestre. A companhia apresentou uma leve alta do lucro líquido, a R$ 58 milhões, mantendo o padrão de avanço do faturamento mesmo diante da crise.

Analistas do Credit Suisse dizem que as vendas foram supreendetemente resilientes e destacam o desempenho da Supplier - financeira focada em crédito, comprada pela Totvs em outubro de 2019.

"O resultado líquido foi próximo de zero, em linha com o que esperávamos", afirmam os especialistas do banco, destacando os critérios mais rígidos de crédito diante da pandemia. O Credit Suisse tem recomendação neutra para as ações da Totvs e preço-alvo de R$ 27 em 12 meses.

Em outra frente, as ações da multinacional do ramo alimentício BRF avançam em meio a um forte desconto dos papéis no ano. Com a pandemia e o prejuízo do primeiro trimestre, a empresa perdeu 38% de valor na bolsa.

Minerva - que hoje anunciou a compra de uma planta de abate da Colômbia por US$ 26 milhões - e a Marfrig, mesmo sendo do mesmo ramo que a BRF, avançaram 5% e 40% desde janeiro, respectivamente.

Uma nova recomendação do Bradesco BBI, de neutra para compra dos papéis da BRF, também contribui para o otimismo do mercado sobre a empresa. A avaliação do banco, com preço-alvo de R$ 28, é de que a companhia estaria sendo subestimada.

Alta em bloco

As ações das administradoras de shoppings Multiplan e brMalls dão continuidade a alta de quarta-feira (6), após a concorrente Iguatemi - cujos ativos também avançam - apresentar um balanço melhor do que o esperado pelo mercado.

Também contribui para o otimismo dos investidores a gradual reabertura da economia em vários estados, resultando na volta do funcionamento dos estabelecimentos em horários cada vez maiores.

Com a pandemia, os papéis de shoppings caíram quase 40% desde janeiro. Para alguns investidores, as ações podem estar baratas.

Por volta das 12h, algumas das ações em destaque operavam da seguinte forma:

  • Totvs (TOTS): R$ 27,80 (↑6,92%)
  • BRF (BRFS3): R$ 21,70 (↑5,03%)
  • Multiplan (MULT3): R$ 23,24 (↑5,97%)
  • brMalls (BRML3): R$ 10,78 (↑6,78%)
  • Iguatemi (IGTA3): R$ 36,63 (↑4,72)
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NÚMEROS DA PANDEMIA

Confirmadas mais 1.541 mortes por covid-19 em 24 horas

No período, número de novos casos de infecção pela covid-19 atinge 65.998, de acordo com dados do Ministério da Saúde

Sextou com o Ruy

Certeza é para idiotas. Como ganhar na bolsa mesmo sem saber para que lado a ação vai andar

Nesta semana eu consegui realizar um lucro de 1.250% com uma opção de Petrobras, e nem precisei adivinhar para onde a ação iria

IR 2021

Prazo para envio de informe de rendimentos termina nesta sexta; saiba o que fazer caso não receba algum deles

Saiba que informes de rendimentos você deve esperar receber até o fim do dia de hoje; documento é essencial para preencher declaração de imposto de renda e comprovar informações junto à Receita Federal

Pegue o passaporte

Como usar os ETFs para escapar do risco Brasil e investir nas bolsas globais sem sair da B3

Qualquer investidor com uma conta em corretora pode ter acesso hoje mesmo a uma cesta de ativos que representa as ações das maiores empresas do mundo

Reverteu prejuízo

Vale termina 2020 com lucro de US$ 4,9 bilhões e aprova dividendos

Mineradora conseguiu reverter prejuízo do ano anterior e aprovou distribuição de dividendos, mas lucro trimestral veio abaixo do esperado pelo mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies