Menu
2020-07-23T08:12:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
atenção, acionista

Petrobras aprova pagamento de R$ 1,7 bilhão a acionistas

Pagamento será de R$ 0,238069 por ação ordinária e de R$ 0,000457 por ação preferencial. O pagamento do dividendo será realizado em 15 de dezembro deste ano

23 de julho de 2020
8:12
Petrobras
Imagem: Shutterstock

A Petrobras aprovou o pagamento de dividendos no valor de R$ 1,7 bilhão para as ações ordinárias da empresa e de R$ 2,5 milhões para ações preferenciais.

A decisão foi tomada em assembleia geral ordinária, realizada ontem (22), no Rio de Janeiro, com base no resultado anual de 2019 e na variação da taxa Selic nos sete primeiros meses do ano (até 22 de julho).

Com isso, o pagamento será de R$ 0,238069 por ação ordinária e de R$ 0,000457 por ação preferencial. O pagamento do dividendo será realizado em 15 de dezembro deste ano.

No ano passado, a estatal registrou um lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 40,1 bilhões, uma alta de 55,7% em relação ao resultado de 2018. Foi o maior lucro anual da empresa, impulsionado pela venda de ativos e menores custos nas operações.

*Com Agência Brasil

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Números da pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 435 mil; casos passam de 15,6 milhões

Mais de mil mortes e 40 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Cripto

Musk dá a entender que Tesla pode se desfazer de Bitcoins que já recebeu

Comentário sobre a criptomeda foi feito em interação em rede social.

Trilhões em jogo

Ao defender pacote, Biden diz que EUA precisam de infraestrutura confiável

O projeto sofre oposição, entretanto, até mesmo de alguns meses do partido do presidente

Força-maior

Com morte de Covas, Ricardo Nunes assume definitivamente a prefeitura de São Paulo

Vice estava no cargo desde que Covas licenciou-se no início de maio; ele decretou luto oficial de 7 dias pela morte do prefeito

Ainda no papel

Queiroga diz que ministério estuda campanha de testagem contra covid-19

Botucatu abriu hoje vacinação em massa da população para pesquisa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies