Menu
2020-06-03T07:37:45-03:00
Estadão Conteúdo
cenário desafiador

Pátria inicia operação de rodovia em meio à crise

Eixo-SP, empresa recém-criada pelo fundo de private equity, começa a operar o lote Piracicaba-Panorama (PiPa)

3 de junho de 2020
7:36 - atualizado às 7:37
Rodovia
Caminhão em rodovia - Imagem: shutterstock

No meio de uma pandemia que tem deixado diversos setores da economia em apuros, a Eixo-SP, empresa recém-criada pelo fundo de private equity Pátria, começa a operar o lote Piracicaba-Panorama (PiPa).

Entre queda de atividade econômica e restrições de mobilidade, a concessionária assume a maior rodovia concedida no País, com 1.273 km. Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a média das concessões no Brasil é de 482,6 km.

O cenário é desafiador para o transporte rodoviário, segundo o diretor-presidente da Eixo-SP, Sergio Santillan. "Algumas concessionárias tiveram maior ou menor impacto, principalmente em veículos de passeio. Algumas chegaram a 30% de queda. Já para veículos comerciais essa queda é menor", disse. O executivo aponta a pandemia como um efeito pontual. "É um projeto de 30 anos."

Diante do cenário atual, a CCR passou a divulgar semanalmente informações sobre movimentação em suas concessões para dar mais clareza aos investidores. Dados do último boletim mostram que o tráfego recuou 17,2% na semana de 22 a 28 de maio de 2020, ante igual período de 2019. A queda foi puxada pelo segmento de passeio, que caiu 40,3%. Já o de veículos comerciais avançou 2,4%.

Disputa

O Consórcio de Infraestrutura Brasil, composto pelo Pátria e o fundo soberano GIC, de Cingapura, venceu, em janeiro, o leilão do lote Piracicaba-Panorama (PiPa), que liga a cidade próxima a Campinas ao extremo oeste do Estado. A proposta foi de R$ 1,1 bilhão. A concessão vai englobar investimentos de R$ 14 bilhões em 30 anos.

A oferta do consórcio foi 110% superior à da segunda colocada, a Ecorodovias (R$ 527 milhões). Nomes de peso não participaram do leilão, como CCR e Arteris. A concorrência PiPa engloba 218 km hoje operados pela Centrovias, do Grupo Arteris, além de 1.055 km do DER-SP.

A concessão tem alguns diferenciais, como tarifa por quilometragem percorrida. Usuários frequentes também terão descontos. A cobrança de pedágio vai começar 12 meses após a assinatura do contrato, que ocorreu no último dia 15. O início da cobrança depende ainda da realização de obras de infraestrutura mínima, conforme consta no contrato.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SD PREMIUM

Segredos da Bolsa: Semana promete ser agitada com Copom, IBC-Br, Biden e mais…

A semana promete ser agitada, com importantes indicadores no radar e a “mudança de guarda” nos Estados Unidos

Temos vacina!

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca

Primeiros profissionais de saúde já foram vacinados em pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria

Mais uma recomendação

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Mais cedo, área técnica havia defendido aprovação da CoronaVac

Ainda falta...

Anvisa devolve pedido de uso emergencial da Sputnik

Laboratório russo não apresentou os requisitos mínimos para que o pedido de uso emergencial pudesse ser analisado pela agência

Quase lá

Área técnica da Anvisa recomenda uso emergencial da CoronaVac

Diretores da agência analisam pedidos de uso de vacinas. No momento, a área técnica ainda faz a apresentação. Em seguida, a relatora do tema, diretora Meiruze Freitas lerá seu voto, com os outros quatro diretores da agência votando depois

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies