Menu
2020-08-27T17:32:33-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
destino da tele

Anatel pede adiamento de assembleia de credores da Oi

Argumento é de que é preciso tempo para a Procuradoria concluir as negociações para reestruturação da dívida de R$ 13 bilhões da empresa junto aos órgãos públicos

27 de agosto de 2020
9:33 - atualizado às 17:32
oi orelhão
Imagem: Divulgação Oi

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) pediu à Justiça o adiamento por 60 dias da assembleia geral de credores da Oi, segundo o Estadão. A reunião está marcada para 8 de setembro.

O argumento é de que é preciso tempo para a Procuradoria concluir as negociações para reestruturação da dívida de R$ 13 bilhões da empresa junto aos órgãos públicos.

A Oi apresentou em julho um requerimento para que essa dívida fosse excluída do processo de recuperação judicial e passasse a ser tratada sob as condições da lei 13.988, em vigor desde este ano. O valor se refere a mais de mil multas administrativas aplicadas pela Anatel.

A nova lei permite à União e a suas autarquias, como a Anatel, flexibilizarem o pagamento de dívidas consideradas "irrecuperáveis ou de difícil recuperação", como é o caso da Oi.

Segundo os procuradores na petição, há reuniões frequentes com a direção da Oi, e as negociações têm avançado. O pedido de adiamento da assembleia serviria para que a reunião seja realizada "num contexto de maior segurança jurídica".

O que diz a Oi

A Oi disse que "prorrogações e atrasos" na reunião impactam todo o cronograma do plano de recuperação judicial, frustrando o planejamento da companhia para 2020.

A tele afirmou que, após conversas com a Anatel, incluiu uma medida que garante um prazo de até seis meses para que se dê a transação dos créditos no processo de recuperação judicial.

A Oi disse que irá buscar "todos os instrumentos necessários" para evitar o adiamento da assembleia. O pedido da Anatel foi ajuizado na 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, onde corre o processo de recuperação judicial da tele.

Ações da Tele

O processo de recuperação judicial é seguido (e especulado) pelo mercado. A empresa tem uma série de ativos para vender, visando focar esforços no segmento de fibra ótica e infraestrutura.

Nesse meio tempo, as ações registram alta volatilidade, mas desde janeiro os papéis (OIBR3) têm alta de cerca de 90% - nesta quarta-feira (27) terminaram o dia cotadas a R$ 1,67. Veja como deve ser esta quinta nos mercados.

Em 2020, a Oi já vendeu a participação que detinha na angolana Unitel por US$ 1 bilhão. Em último balanço, a Oi registrou prejuízo de R$ 6,2 bilhões, com a alta do dólar impactando as dívidas da empresa.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

polêmica

Governo barra novo cadastro para auxílio

A estratégia do governo já desperta críticas de organizações da sociedade civil, que consideram urgente a abertura de um novo prazo para pedidos de auxílio

Tombo grande

Elon Musk perde US$ 27 bilhões em uma semana após tombo da Tesla

Mesmo com o tompo gigantesco, Musk segue como segundo homem mais rico do mundo, atrás apenas de Jeff Bezos, o fundador da Amazon

Expansão

3R Petroleum fecha parceria com DBO para aquisições de campos offshore

Com a parceria, a DBO se tornará acionista minoritária da OP, que seguirá sob controle da 3R

Boletim médico

Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (6)

ESTRADA DO FUTURO

A mentira envolvendo o Clubhouse e o Tinder que rendeu 400% de valorização

Os mercados estão longe de serem perfeitos, e hoje vou te contar uma história real que envolve duas das empresas mais quentes no setor de mídias sociais: o “Clubhouse” e o “Tinder”.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies