Menu
2020-04-20T20:43:32-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Troca troca

Nelson Queiroz Tanure assume a presidência do Conselho da PetroRio

Executivo deixa cargo de CEO, que será assumido pelo CFO Roberto Monteiro

20 de abril de 2020
20:43
Nelson Queiroz Tanure, presidente da PetroRio
Nelson Queiroz Tanure, ex-CEO e atual presidente do conselho da PetroRio, é filho do empresário Nelson Tanure. Imagem: Divulgação

Nelson Queiroz Tanure deixará o cargo de CEO da PetroRio para se tornar presidente do Conselho de Administração, anunciou a companhia nesta segunda-feira (20).

Com a mudança, o CEO da companhia de óleo e gás passa a ser o executivo Roberto Monteiro, que acumulará sua função atual de CFO durante a fase de transição.

Os quatro novos conselheiros independentes são Márcia Raquel Cordeiro de Azevedo (sócia da Falconi Consultores de Resultado), Felipe Bueno da Silva (sócio e executivo da BX Capital), Gustavo Rocha Gattass (ex-BTG Pactual) e Felipe Villela Dias (sócio da Visagio).

Monteiro, Queiroz Tanure e o diretor jurídico da companhia, Emiliano Fernandes Lourenço Gomes, completam o colegiado. Três membros que atuavam no conselho desde março de 2014 apresentaram suas renúncias nesta segunda: William Connell Steers, Pedro Grossi e Hélio Costa .

“A alteração no Conselho é importante para uma Governança Corporativa ainda mais forte e transparente, de forma a garantir os mais altos níveis de exigência em relação à gestão da Companhia”, disse Queiroz Tanure por meio de nota divulgada pela assessoria de imprensa da PetroRio.

Queiroz Tanure terá uma atuação mais forte em temas estratégicos a fim de manter a estratégia de crescimento de longo prazo da companhia, segundo a assessoria.

Sobre os executivos

Segundo a empresa, Nelson Queiroz Tanure ingressou na PetroRio em 2014, quando participou ativamente da reestruturação da companhia, tornando-se CEO em maio de 2018. Anteriormente, trabalhou na empresa Docas Investimentos, onde liderou aquisições, turnarounds e fusões e aquisições de empresas do setor de telecomunicações, infraestrutura e do mercado financeiro. É formado em Economia pela Boston College/ IBMEC.

Já Roberto Monteiro atua na companhia desde a sua fundação, tendo exercido o cargo de Diretor de Operações, além de Diretor Financeiro e de Novos Negócios (CFO). Anteriormente, foi Diretor Financeiro e de Relações com Investidores na OGX Petróleo e Gás e da OSX, que atua na indústria naval e offshore.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

decisão judicial

Justiça ordena religação de internet do governo do RJ; Oi alega inadimplência

Empresa acusa o governo do Estado de ter uma dívida com a empresa desde 2017 – hoje ela está em R$ 300 milhões

promessa de ipo

Locaweb compra ConnectPlug por R$ 18 milhões e avança em segmento de alimentação

Empresa comprada começou em food services mas hoje também atende outros segmentos, com foco em pequenas e médias empresas

seu dinheiro na sua noite

Mais fácil falar que fazer

Hoje foi um daqueles dias em que as falas dos detentores do poder no cenário doméstico até repercutiram no mercado, mas foram sobrepostas pelos fatos e pelo que aconteceu no exterior. O mercado local começou o dia animado com as apresentações do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes, no badalado evento […]

perspectivas

Para Verde e SPX, auxílio emergencial por mais três meses não é preocupante

Luis Stuhlberger e Rogério Xavier dizem que a medida pode ser necessária, caso a vacinação demore demais; ambos veem 2021 positivo para os mercados

FECHAMENTO

Aceno liberal do governo não convence e bolsa fecha o dia no vermelho; na contramão, dólar cai mais de 3%

Em evento do Credit Suisse, Bolsonaro e Guedes reafirmaram o compromisso com o andamento das reformas e das privatizações, mas o mercado espera ações mais concretas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies