Menu
2020-07-29T07:55:48-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dinheiro no bolso

Magazine Luiza paga R$ 322,6 milhões aos acionistas

Valor, aprovado em assembleia nesta terça-feira, corresponde aos resultados de 2019; parte é em juros sobre capital próprio e outra em dividendos

29 de julho de 2020
7:55
Magazine Luiza
Imagem: Divulgação

O Magazine Luiza paga no dia 19 de agosto R$ 322,6 milhões em proventos aos acionistas. O valor, aprovado em assembleia nesta terça-feira, corresponde aos resultados de 2019.

No ano passado, a empresa teve um crescimento de 54% no lucro, que chegou a R$ 921 milhões. A varejista é um dos casos de sucesso da bolsa nos últimos anos, inclusive diante da pandemia.

Entre o valor anunciado pelo Magazine Luiza aos acionistas, R$ 112 milhões referem-se ao pagamento de juros sobre capital próprio - cuja cifra bruta por ação é de R$0,0736066061, com base na posição acionária de 7 de outubro 2019.

Outra parte, de R$ 58 milhões, também corresponde a juros sobre capital próprio, mas com base na posição acionária do dia 23 de dezembro. De acordo com o Magazine Luiza, são R$0,0357891574 por ação.

Um terceiro provento, de R$ 152,6 milhões, refere- se ao pagamento de dividendos - R$ 0,0941659675 por ação. A base é do dia 30 julho de 2020, ainda segundo a companhia.

Instruções quanto ao crédito desses pagamentos:

  • Os acionistas terão seus créditos disponíveis de acordo com o domicílio bancário fornecido ao Banco Itaú S/A
  • Instituição Depositária de Ações, a partir da data de início da distribuição deste direito;
  • Para os acionistas cujo cadastro não contenha a inscrição do número do CNPF/CNPJ ou a indicação de "Banco/Agência/Conta Corrente", os dividendos somente serão creditados a partir do 3º dia útil, contado da data da atualização cadastral nos arquivos eletrônicos do Banco Itaú S/A, que poderá ser efetuada através de qualquer agência da rede;
  • Maiores informações poderão ser obtidas junto às agências do Banco Itaú S.A., especializadas no atendimento a acionistas, no horário bancário

Juros e dividendos

Os dividendos e juros sobre capital próprio constituem a porção do lucro das empresas que é distribuída periodicamente aos acionistas.

Enquanto os dividendos têm benefício tributário aos acionistas, os Juros sobre Capital Próprio beneficiam a empresa.

É que o provento é considerado uma despesa financeira: contribui para reduzir a base tributária da companhia, que paga menos imposto.

Em razão disso, os Juros sobre Capital Próprio não são isentos de IR para os acionistas. Eles são tributados na fonte a uma alíquota de 15%.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ficou para esta quinta

Para privatizar Eletrobras, governo aceita mais 19 emendas à MP

Por acordo entre os senadores, o texto da MP será votado apenas amanhã, 17, a partir das 10h, e até lá, eles poderão apresentar sugestões de destaques, que podem alterar o teor do parecer

seu dinheiro na sua noite

A Selic subiu mais um pouco – e na próxima reunião tem mais

Esta “Super Quarta” terminou com os bancos centrais brasileiro e americano apertando um pouquinho mais a torneirinha dos juros. A inflação pressiona, aqui e na terra do Tio Sam, e as autoridades monetárias querem mostrar que permanecem vigilantes. O Federal Reserve ainda não elevou propriamente as taxas de juros, que foram mantidas entre zero e […]

Entrevista

Sinais do Copom apontam para Selic a 7% no fim do ano, diz Padovani, do banco BV

Economista-chefe do banco BV, Roberto Padovani destacou o tom mais ríspido do Banco Central e a indicação de que a Selic continuará em alta

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado da decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 4,25% ao ano

Subiu de novo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,25% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies