Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-01-20T11:32:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
negócio fechado

Após Rappi e PicPay, Linx fecha parceria com brasileira Conductor

Segundo a companhia, o plano é oferecer aos varejistas que usam automações da Linx uma nova opção de pagamento para seus consumidores a partir de janeiro

16 de janeiro de 2020
14:55 - atualizado às 11:32
sede da Linx
Imagem: Divulgação

A empresa do setor de tecnologia e informação Linx anunciou nesta quinta-feira (16) uma parceria com a Conductor - companhia brasileira que oferece soluções para meios de pagamento.

Segundo a companhia, o plano é oferecer aos varejistas que usam automações da Linx uma nova opção de pagamento para seus consumidores a partir de janeiro.

As ações da Linx (LINX3) tinham uma leve alta, de 0,46%, no início da tarde desta quinta. Nos últimos 12 meses, a valorização dos papéis da empresa é da ordem de 20%. Acompanhe a cobertura de mercados do Seu Dinheiro.

A Conductor é líder nacional em processamento de pagamentos eletrônicos. A empresa criou a Merci, carteira digital que permite aos usuários de cartões de loja do tipo "private label" (que, até então, só podiam ser utilizados nos próprios estabelecimentos emissores) aproveitarem o crédito disponibilizado em outras lojas.

A partir de agora, a carteira digital da Conductor passa a integrar o hub de wallets QR Linx. Com a tecnologia, o varejista deixa à mostra, em seu caixa, apenas um QR Code, que poderá ser pago em diferentes plataformas - além da Merci, Mercado Pago, Ame e PicPay.

"Essa parceria foi criada para suprir uma série de necessidades do mercado e faz parte do compromisso das duas empresas em desenvolver soluções inovadoras que facilitam a rotina do varejista e seus clientes", diz Denis Piovezan, vice-presidente da Linx Pay Hub.

Lista de parcerias

Em menos de uma semana, essa é a terceira parceria anunciada pela empresa. Rappi e PicPay entraram na lista de empresas com as quais a Linx agora tem diálogo.

Com Rappi, a brasileira Linx passa a integrar a sua plataforma omnichannel ao marketplace criado pela startup de entregas, expandindo a oferta de produtos da empresa colombiana.

Já com a PicPay, o objetivo é fazer uma integração melhor com o QR Linx, com o varejista tendo acesso à conciliação integrada e aos processos financeiros em apenas uma interface sem precisar de um QR Code

Nos últimos meses, a Linx também fechou parceria com Mercado Pago, AME (fintech e plataforma de negócios mobile de Lojas Americanas e B2W) e Elo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Dia Agitado

Após receber aporte bilionário, Ânima (ANIM3) compra participação em plataforma para formação de profissionais de saúde

Através de sua controlada Inspirali, a mesma a receber o aporte mais cedo, a companhia fechou um acordo para a aquisição de 51% da IBCMED

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ômicron e Powell assustam mercados, mas criptomoedas escapam da queda; confira os destaques do dia

O fim de novembro chega carregado de expectativa para o início oficial da temporada das festas de final de ano. As tradições natalinas podem variar de família para família, mas algumas coisas são universais — como as retrospectivas pessoais e a presença do clássico “Então é Natal”, da cantora Simone, em quase 100% dos lares […]

Natal antecipado

Dividendos: Blau Farmacêutica (BLAU3) vai distribuir juros sobre o capital próprio (JCP); confira o valor por ação

A ‘data de corte’ para os proventos, que devem cair na conta dos acionistas em 15 de dezembro, é na próxima sexta-feira (3)

FECHAMENTO DOS MERCADOS

PEC dos precatórios caminha e limita queda do Ibovespa, mas índice fecha novembro no vermelho; dólar vai a R$ 5,63

A nova variante do coronavírus e o posicionamento do Fed diante das ameaças amargaram o humor dos investidores no exterior, mas o Ibovespa conseguiu se segurar nos 100 mil pontos com o noticiário político.

Correria no Congresso

Governo quer esperar, mas presidente do Senado estuda votar PEC dos precatórios ainda hoje

O governo acredita já ter os votos necessários para aprovar a proposta, mas esperava garantir uma margem maior antes da votação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies