Menu
2020-07-01T17:54:16-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Após a fraude

Credit Suisse rebaixa recomendação para ações do IRB para venda

Os analistas também reduziram drasticamente o preço-alvo dos papéis, de R$ 43 para R$ 7,50. O novo valor representa um potencial de queda de 31,8%

1 de julho de 2020
12:59 - atualizado às 17:54
Ibovespa mercados queda
Imagem: Shutterstock

Após a confirmação da fraude nos balanços do IRB Brasil, o Credit Suisse decidiu rebaixar a recomendação para as ações da empresa de resseguros de neutra para "underperform" — equivalente a venda.

Os analistas também reduziram drasticamente o preço-alvo dos papéis, de R$ 43 para R$ 7,50. O novo valor representa um potencial de queda de 31,8% em relação ao fechamento de ontem.

No pregão desta quarta-feira, as ações do IRB tiveram mais um dia de queda expressiva e fecharam a R$ 10,19, um recuo de 7,36% no dia.

Com base nos números "reais" da resseguradora publicados nesta semana, os analistas refizeram as contas e chegaram à conclusão de que as ações estão caras, mesmo com a queda acumulada de mais de 70% neste ano.

Nas contas do Credit Suisse, a rentabilidade "sustentável" do IRB situa-se ao redor dos 13%, significativamente abaixo dos 37% que a resseguradora reportava em seus balanços maquiados. Nos próximos dois anos, o retorno deve ser ainda menor e ficar na casa de um dígito.

Esse patamar seria "altamente inconsistente" com as cotações da resseguradora na bolsa, que são negociadas por um valor equivalente a 2,9 vezes o patrimônio líquido, segundo os analistas.

Embora tenha cortado a recomendação, o Credit Suisse considera que a nova direção que assumiu o IRB após a crise de confiança está no caminho certo. “Devemos reconhecer a notável melhoria na divulgação e transparência”, escreveram os analistas, em relatório.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

o melhor do seu dinheiro

Efeito Lula livre na bolsa – 2022 já começou?

No Brasil morre-se de tudo – inclusive morre-se muito de covid -, mas não se morre de tédio. Os mercados locais começaram o dia castigados pelos temores dos investidores em relação ao avanço da pandemia no país, hoje no seu pior momento. Como se todas as incertezas em relação ao combate ao coronavírus por aqui […]

balanço 4º tri

Magazine Luiza vê lucro ir a R$ 219 milhões no 4º tri e supera expectativas do mercado

A varejista Magazine Luiza encerrou o quarto trimestre de 2020 superando as expectativas do mercado. A companhia divulgou na noite desta segunda-feira (08) o seu resultado trimestral, com umacom alta de 30,6% no lucro líquido, para R$ 219,5 milhões. No acumulado do ano passado, o resultado encolheu 57,5%, para R$ 391,7 milhões. No critério “ajustado”, […]

Desidratação à vista?

Bolsonaro: Lira e relator vão discutir PEC Emergencial, podem criar PEC paralela

Na entrevista, Bolsonaro afirmou que a PEC deve ser votada pela Câmara na quarta-feira, 10. De acordo com ele, ao votar a medida, os deputados federais darão o sinal verde para retomada do auxílio emergencial em cinco dias

Fechamento do dia

São tantas emoções! ‘Efeito Lula’ aprofunda incertezas locais e faz Ibovespa cair 4%; dólar fecha a R$ 5,77

Mercado doméstico já operava em queda firme antes da decisão do ministro Fachin; aumento das incertezas pesou sobre bolsa, dólar e juros

REVIRAVOLTA

Ibovespa recua 3% e dólar vai a R$ 5,78 após STF anular condenações de Lula na Lava Jato

Diante de um cenário já negativo, a decisão aumenta o nível de incertezas domésticas, segundo analistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies