Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-30T15:43:52-03:00
Estadão Conteúdo
Mudou a data

Azul antecipa fim de acordo de redução de jornada com aeronautas

A antecipação foi aprovada pelos aeronautas, que votaram sobre o tema entre os dias 26 e 27 de novembro.

30 de novembro de 2020
15:43
Azul
Imagem: Divulgação

A Azul resolveu antecipar o fim do acordo de redução de jornada com os seus tripulantes. O acordo havia sido firmado pela empresa com a categoria em 24 de junho e tinha o objetivo de preservar o caixa da aérea durante no período de baixa demanda da pandemia. O tratado tinha validade até dezembro de 2021.

Leia também:

A antecipação foi aprovada pelos aeronautas, que votaram sobre o tema entre os dias 26 e 27 de novembro. "Desta forma, a redução de jornadas e salários que iria até o fim de 2021, com a contrapartida de manutenção dos empregos, fica revogada", escreveu o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), em nota.

A proposta foi aprovada por mais de 85% dos copilotos e comandantes e por 72% dos comissários.

A Azul conseguiu o sinal verde dos aeronautas no dia 24 de junho para reduzir salários e jornada. De forma bruta, a redução de salário era de 45% entre o terceiro trimestre de 2020 e o primeiro trimestre de 2021, quando o porcentual começa a cair. No quarto trimestre de 2021, a redução na remuneração seria de 25%.

Considerando a ajuda de custo, as reduções líquidas vão de 23% no terceiro trimestre de 2020 para 3% de queda na remuneração no quarto trimestre de 2021. Na mesma linha, a Gol também conseguiu fechar uma redução de salários. A Latam, entretanto, trava um embate com a categoria por uma redução permanente na remuneração.

A redução de jornada teve papel importante para a redução de custos da Azul durante a pandemia. No terceiro trimestre, a empresa conseguiu reduziu os custos e despesas operacionais em 40,4% ou R$ 1 bilhão comparado com igual trimestre de 2020. O custo da empresa com salários e benefícios caiu 36% no período, totalizando R$ 309,6 milhões, já incluindo as despesas com rescisão, principalmente em decorrência das negociações com sindicatos (entre eles o dos aeronautas) para redução de custos fixos com salários e benefícios.

Na mesma linha, o menor custo com combustível de aviação, 72,1% inferior, colaborou com o menor custo operacional no trimestre. A queda veio principalmente devido à diminuição de 67% na capacidade e a queda de 13% no preço do combustível por litro.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Coluna do jojo

Mercados hoje: Em terra de Copom, quem sobe os juros é rei

Para hoje, além da continuidade da temporada de resultados com pesos pesados – por aqui, esperamos nomes como Gerdau, Banco do Brasil e Petrobras –, mais pesquisas de opinião sobre o sentimento empresarial estão por vir

O melhor do seu dinheiro

O que mexe com seu dinheiro: bolão do Copom na bolsa, novo fundo da Inter, IPO da Raízen e mais

Bem, amigos do Seu Dinheiro. Hoje é dia de decisão! Com o desfalque do diretor Bruno Serra, que testou positivo para a covid-19, o Banco Central entra em campo nesta quarta-feira para definir a taxa básica de juros (Selic). Haja coração! As reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) são para a imprensa econômica o […]

Cliente difícil

Barrada na alfândega: Carne de unidade da BRF não é mais bem vinda na China

País asiático suspende compra de produtos suínos e de aves processados na unidade de Lucas do Rio Verde (MT), alegando problemas no transporte

Esquenta dos Mercados

Pré-mercado: cautela antes da decisão do Copom e risco fiscal devem dividir atenção com balanços do dia

Em meio ao exterior positivo, bolsa brasileira deve lidar com cenário interno de incertezas quanto ao teto de gastos

Preparar para decolagem

Renovação total: Gol faz acordo para adquirir aviões novos; veja os detahes

Presidente da companhia aérea afirma que movimento é uma antecipação à esperada retomada da demanda por viagens após a pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies