Menu
2020-07-28T18:37:06-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Telefonia

Virou euforia: Ações da Oi disparam mais de 40% com nova proposta de TIM, Vivo e Claro

Uma valorização tão abrupta não é natural, por mais que as notícias para a Oi sejam mesmo muito positivas. Mas para um gestor de fundos com quem eu conversei, as ações ainda têm potencial mesmo com a alta desta terça-feira

28 de julho de 2020
17:35 - atualizado às 18:37
Imagem do prédio da operadora Oi
Imagem do prédio da operadora Oi, no bairro de Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro. - Imagem: Estadão Conteúdo/Paulo Vitor

Quem dá mais pela Oi? A disputa pelos ativos de telefonia móvel e fibra da operadora levou a uma corrida dos investidores pelas ações da empresa, que está em recuperação judicial desde 2016.

No pregão de hoje, as ações ON (OIBR3) da companhia dispararam 15,82%, cotados a R$ 2,05 e com um impressionante volume negociado de R$ 1,36 bilhão. Com menor liquidez, os papéis PN (OIBR4) foram ainda mais longe e subiram nada menos que 44,27%, para R$ 2,77.

É bom ponderar que uma valorização tão abrupta não é natural, por mais que as notícias para a Oi sejam mesmo muito positivas.

Os investidores reagem à informação à nova oferta formalizada pelo trio TIM, Vivo e Claro pela rede móvel da operadora, no valor de R$ 16,5 bilhões. A oferta considera, adicionalmente, a possibilidade de assinar com a empresa contratos de longo prazo para uso de infraestrutura.

Na semana passada, a Oi anunciou um acordo de exclusividade com a Highline para a venda da área de telefonia celular. Mas o cheque mais gordo das operadoras estabelece um novo piso para o negócio, o que justifica o otimismo renovado com as ações.

Como se não bastasse, as ações da Oi também reagem à notícia de que o BTG Pactual fez uma proposta pela unidade que concentra as redes de telefonia e banda larga fixa.

A proposta do BTG prevê a compra de 25% do capital total e 51% do capital votante, segundo o jornal Valor Econômico. A InfraCo é avaliada pela Oi em R$ 25,5 bilhões.

É para tudo isso?

Não há dúvidas de que a disparada repentina tem um certo componente de euforia. Mas para um gestor de fundos com quem eu conversei, as ações da Oi ainda têm potencial de alta mesmo com a valorização desta terça-feira.

No fechamento de hoje, o valor de mercado da companhia era de pouco mais de R$ 12 bilhões. Mas nas contas do gestor, que tem posição nos papéis da operadora, a Oi pode ser avaliada por pelo menos R$ 50 bilhões, considerando a venda da unidade móvel e de fibra.

Por outro lado, a companhia tem uma dívida da ordem de R$ 20 bilhões mais contingências estimadas em R$ 5 bilhões.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Insights Assimétricos

Como navegar e obter retorno no mundo de juros baixos e bolsa cara

Todo mundo quer múltiplo barato, mas ninguém quer esperar anos para que o crescimento, hoje já no preço, seja entregue ou sentir na pele uma grande correção nos preços como a vista em março. Qual a saída?

dados do coronavírus

Covid-19: Brasil tem 3,05 milhões de casos e 101,7 mil mortes

Desde o início da pandemia, o Brasil acumula 3.057.470 casos de covid-19, conforme balanço diário divulgado hoje (10) pelo Ministério da Saúde

reforma tributária

Alíquota de CBS pode ser revista se for exagerada, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a dizer que a alíquota de 12% prevista para a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS) poderá ser revista caso se mostre “exagerada”

fatia de 6%

Azul vende participação de 6% na TAP para governo português por ao menos 10,5 milhões de euros

A venda da participação indireta de 6% teve valor total de, ao menos, 10,5 milhões de euros, com eliminação do direito de conversão dos bônus seniores detidos pela Azul de 90 milhões de euros com vencimento em 2026

seu dinheiro na sua noite

¿Qué pasó, Meli?

Em um contexto de pandemia que obrigou as pessoas a ficarem mais em casa e o comércio a suspender ou reduzir suas atividades, o e-commerce tem sido a boia de salvação de muitos varejistas. Nunca que num cenário como o atual haveria otimismo dos investidores em relação ao varejo não essencial, mas cá estamos: no […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements