Menu
2020-01-28T08:19:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
segundo agência

Em grave crise econômica, Venezuela avalia privatizar petróleo

Representantes do governo conversaram com diferentes empresas, diz agência; medida abandonaria décadas de monopólio estatal

28 de janeiro de 2020
8:14 - atualizado às 8:19
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Arquivo Agência Brasil

O governo de Nicolás Maduro propôs conceder ações majoritárias e controle da indústria de petróleo da Venezuela a grandes corporações internacionais, segundo a Bloomberg. A medida significaria o fim de décadas de monopólio estatal.

A agência afirma que representantes do governo conversaram com a russa Rosneft PJSC, a espanhola Repsol SA e a italiana Eni SpA. A ideia é permitir que eles assumam as propriedades petrolíferas controladas pelo governo.

Com isso, as empresas reestruturariam parte da dívida da empresa estatal Petróleos de Venezuela SA, em troca de ativos, segundo o veículo americano, que dizer ter ouvido pessoas próximas ao assunto.

A proposta enfrentaria obstáculos, já que leis do país teriam de ser alteradas para permitir a operação. Há sanções também do exterior. Os Estados Unidos proíbem qualquer empresa americana de fazer negócios com o regime Maduro sem licença.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

decisão do copom

BC deve manter Selic a 2% e pode derrubar ‘forward guidance’ nesta quarta

Retirada do instrumento pode vir acompanhada de uma sinalização de que seu fim não tem relação mecânica com o começo do ciclo de aperto monetário

Ivan Sant'Anna - SD Premium

O segundo tempo do governo Bolsonaro começou mal. O que esperar daqui para frente?

Não quero dar uma de adivinho, muito menos pretender ser o dono da verdade, mas as perspectivas para a reeleição de Jair Bolsonaro em outubro de 2022 não são muito boas, embora no momento lidere todas as pesquisas de intenção de voto

dados do ministério da saúde

Brasil tem 1,1 mil mortes por covid-19 registradas em 24 horas

Com os novos óbitos, o total de vidas perdidas para a pandemia subiu para 211.491, segundo o Ministério da Saúde

seu dinheiro na sua noite

As incertezas da vez

Não sei vocês, mas desde que a pandemia de coronavírus começou, minha vida e rotina mudaram tanto, que tem estado difícil fazer planos para o futuro e ter boas perspectivas, do ponto de vista pessoal e social. Entrei no modo “um dia de cada vez”, já que ainda não temos uma data certa de quando […]

FECHAMENTO

Do céu ao inferno: Incertezas com vacinação pesam, Ibovespa derrapa e vai na contramão de NY

Enquanto o otimismo predominava nas bolsas americanas, por aqui as incertezas sobre a efetividade da campanha de vacinação contra a covid-19 se acumulavam

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies