Menu
2020-04-07T09:19:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho no indicador

Vendas no varejo crescem 1,2% em fevereiro, diz IBGE

Houve aumento de 4,7% na comparação com fevereiro de 2019, puxado por atividades como hipermercados, móveis e eletrodomésticos e artigos de uso pessoal

7 de abril de 2020
9:03 - atualizado às 9:19
varejo vendas lojas
Imagem: Shutterstock

O comércio varejista nacional cresceu (1,2%) em fevereiro, após queda de 1,4% em janeiro, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (7).

Segundo o instituto, a média móvel trimestral foi de queda de 0,2%, mas houve aumento de 4,7% na comparação com fevereiro de 2019. No acumulado no ano, contra igual período do ano anterior, o avanço foi de 3,0%. Já o acumulado nos últimos 12 meses foi de 1,9%

No comércio varejista ampliado - que inclui veículos, motos, partes e peças e de material de construção - o volume de vendas aumentou 0,7% em relação a janeiro, no segundo mês consecutivo de variação positiva.

Ainda segundo o IBGE, o varejo nacional está 4,5% abaixo do ponto mais alto da série, atingido em outubro de 2014. Considerando o varejo ampliado, a distância atual para o ponto mais alto da série, alcançado em agosto de 2012, é de 7,2%.

Em relação a fevereiro de 2019, as atividades com crescimento que se destacaram foram hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (4,1%); móveis e eletrodomésticos (11,7%); outros artigos de uso pessoal e doméstico (8,7%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (7,9%), ainda conforme dados do IBGE.

*Conteúdo em atualização. Mais informações em instantes.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Perseguição ao bitcoin?

Irã fecha ‘fazendas’ de mineração de bitcoin para conter apagões no país; entenda

Governo culpa centros de processamento de criptomoedas por blackouts devido à ‘sobrecarga energética’ da rede de mineração; ao mesmo tempo, Irã usa o bitcoin para amenizar sanções bancárias dos EUA

Lei Orçamentária Anual

Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo precisa controlar gastos

Manutenção do auxílio emergencial é dúvidas neste início de ano

Pé no freio

Incertezas políticas e fiscais mantêm estrangeiros cautelosos com o Brasil

Após meses de fuga do capital externo do País, os últimos meses de 2020 mostraram o começo do retorno dos investidores de portfólio, mas o ritmo ainda é insuficiente para reverter a forte saída de dólares do Brasil

Crescimento

Vale (VALE3) prevê investir US$ 2,7 bilhões na região norte até 2024

Companhia pretende ainda investir US$ 5,8 bilhões em 2021, dos quais US$ 1 bilhão serão apenas para expansão

ESTRADA DO FUTURO

Grafeno, urânio e lítio… cuidado com a obsessão de enriquecer com a próxima tecnologia do futuro

O boom de empresas de tecnologia alimenta uma esperança quase ingênua de enriquecer “horrores” descobrindo como esses materiais moldarão o nosso futuro. Vou ser totalmente transparente com você: não gosto da ideia.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies