Menu
2020-05-22T08:06:21-03:00
Estadão Conteúdo
efeito coronavírus

Vendas no varejo britânico sofrem queda histórica de 18,1% em abril

Resultado veio praticamente em linha com a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam redução mensal de 18%.

22 de maio de 2020
7:02 - atualizado às 8:06
Bandeiras do Reino Unido e da União Europeia
Imagem: shutterstock

As vendas no varejo do Reino Unido sofreram queda de 18,1% em abril ante março, a maior já registrada, segundo dados publicados hoje pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês) do país, em meio ao impacto econômico da pandemia de coronavírus.

O resultado veio praticamente em linha com a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam redução mensal de 18%.

Na comparação anual, as vendas do setor varejista britânico diminuíram 22,6% em abril, como projetado pelo mercado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies