Menu
2020-07-28T09:49:47-03:00
Estadão Conteúdo
Meio ambiente em pauta

Setor agro discute com Mourão e ministra desenvolvimento sustentável da Amazônia

Mourão defendeu a melhoria da infraestrutura com a utilização maior das hidrovias para escoamento da produção de grãos vinda do Centro-Oeste e a melhoria dos portos da Região Norte

28 de julho de 2020
9:49
hamilton-mourao
Hamilton Mourão - Imagem: Shutterstock

Em videoconferência realizada na tarde desta segunda-feira, 27, com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, entidades do Conselho do Agro, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e 27 federações estaduais de agricultura debateram uma "agenda positiva e conjunta" com o Conselho da Amazônia - presidido por Mourão - para ajudar a promover o desenvolvimento sustentável da região, aliando crescimento e preservação ambiental.

De acordo com nota da CNA divulgada, discutiu-se como o setor agropecuário pode contribuir para o desenvolvimento sustentável da Amazônia e a imagem do Brasil no cenário internacional. Para o presidente da CNA, João Martins, três pontos são fundamentais para levar a estratégia à frente: regularização fundiária, logística e infraestrutura e assistência técnica e gerencial. "Esses seriam os vetores de transformação da Amazônia. A CNA entende que todos nós somos responsáveis por essa transformação e se alinha ao esforço do Conselho da Amazônia e se dispõe a participar da construção de uma agenda positiva", disse Martins.

Ainda segundo a nota da CNA, Mourão destacou que o governo tem quatro objetivos fundamentais: integridade do território, do patrimônio, democracia e paz social. Também expôs as ações do Executivo para implantar medidas estruturantes para a região, entre elas a regularização fundiária. "Se não dermos títulos de terra, os produtores não terão acesso a financiamentos nem assistência técnica", alertou.

Mourão defendeu, também, a melhoria da infraestrutura com a utilização maior das hidrovias para escoamento da produção de grãos vinda do Centro-Oeste e a melhoria dos portos da Região Norte, além de maior integração tecnológica e energética e da reforma administrativa a fim de dispor de mais pessoas para as ações voltadas para a região.

Já Tereza Cristina relatou que seu ministério tem participado ativamente do Conselho da Amazônia para discutir ações integradas e afirmou que o Brasil "dará as respostas necessárias ao mundo e a todos que têm interesse na Amazônia". Também reforçou a importância da Assistência Técnica e Gerencial, principalmente para os pequenos produtores.

Também participante da videoconferência, o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, propôs a participação das cooperativas financeiras como mais um agente de distribuição de recursos de fontes como o Fundo Constitucional de Financiamento da Região Norte (FNO) para alavancar o cooperativismo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Para dar e vender

Defensivas e com potencial de crescimento: como as ações do setor de saúde ainda podem dar muitas alegrias na bolsa

A combinação de baixo endividamento, bons níveis de caixa e espaço para consolidação tornam as ações do segmento muito atrativas, segundo analistas

Fernando Cirne

A importância das fusões e aquisições para a Locaweb

Já avaliamos mais de 1.900 empresas e, desde o IPO, concluímos 10 importantes aquisições, que se somaram às outras seis concretizadas antes da abertura de capital

seu dinheiro na sua noite

IPO da Smart Fit: vai sair da jaula o monstro!

Eu nunca fui muito de academia, confesso. Já tive meus tempos de malhar regularmente, mas nunca consegui tomar gosto pela coisa. Exercícios repetitivos não me cativam, meu negócio sempre foi dançar, de preferência em turma, com professor e horário, se não eu falto. Como você deve imaginar, entre meus colegas jornalistas não é muito diferente. […]

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies