Menu
2020-05-28T18:56:32-03:00
Presidente da Câmara

Projeto de lei das fake news pode cumprir papel muito importante, diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu, nesta quinta-feira, 28, a tramitação célere do projeto de lei das fake news no Congresso, que, na visão dele, pode “cumprir um papel muito importante” para o País

28 de maio de 2020
18:56
Rodrigo Maia concede entrevista à imprensa
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia - Imagem: Gilmar Félix/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu, nesta quinta-feira, 28, a tramitação célere do projeto de lei das fake news no Congresso, que, na visão dele, pode "cumprir um papel muito importante" para o País. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), prevê a votação da matéria na Casa na próxima semana, que, depois, seguirá para apreciação dos deputados.

"A Câmara vai dar a celeridade necessária. Temos que organizar essa questão das fake news sem olhar passado, do meu ponto de vista, e sim olhando daqui para frente. As plataformas precisam ter responsabilidade e as pessoas que usam de informações falsas de forma absurda a contestar, a desqualificar as nossas instituições democráticas, a honra das pessoas, precisam ter respostas mais fortes da Justiça, mas também uma responsabilização maior das plataformas", declarou Maia em entrevista coletiva.

CPI

Maia também defendeu o trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Fake News.

Ele considera que existe a possibilidade de compartilhamento entre as informações da CPI e o inquérito sobre o mesmo tema no Supremo Tribunal Federal (STF), que mirou dezenas de bolsonaristas na quarta e gerou forte reação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e seus aliados. Para ele, o pedido deve ser autorizado.

"Nós temos novas tecnologias que foram muito importantes, aproximaram pessoas, o mundo avançou muito, mas nos trouxeram preocupações. E as fake news são uma preocupação grande para a democracia, o respeito e a imagem de cada cidadão, milhares e milhões de robôs trabalham para desqualificar cidadãos, deslegitimar instituições. Então, precisamos organizar", disse Maia nesta quinta.

Alcolumbre

Apesar das críticas ao presidente Bolsonaro pela postura de enfrentamento contra decisões do Judiciário, Maia afirmou que é importante os poderes manterem o diálogo. Ele contou que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), está reunido com Bolsonaro no Planalto no período da tarde desta quinta.

"É importante que todos os poderes possam continuar dialogando. Nós começamos um encaminhamento de diálogo muito produtivo. Não podemos, em um momento de crise, desorganizar e deixar que instituições fiquem conflitando e gerando insegurança para toda sociedade. O diálogo é importante", disse Maia.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

presidente da república

Bolsonaro apresenta sintomas de coronavírus e faz novo exame

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que irá realizar um novo exame da covid-19

novos dados

Brasil tem 65,4 mil mortes causadas pela covid-19

Do total de infectados, 927.292 já se recuperaram

seu dinheiro na sua noite

A joia escondida da Cogna

Caro leitor, Olhar para onde ninguém está olhando e conseguir identificar o “valor oculto” das coisas são alguns dos hábitos do bom investidor. A capacidade de enxergar que algo tem valor antes de todo mundo, que existe uma demanda que não está sendo atendida ou que o preço de um ativo está muito abaixo de […]

vai demorar um pouco

Anfavea prevê que mercado de veículos voltará ao ritmo pré-pandemia em 2025

Previsão foi feita nesta segunda-feira. Projeção da Anfavea para 2020 é de retração de 40% nas vendas

tributação progressiva

Proposta de reforma tributária retira benefícios para IRPJ e IRPF, diz secretário da Receita

Secretário da Receita Federal, José Tostes disse que a proposta de reforma tributária do governo federal passará por retirar benefícios e incentivos no Imposto de Renda

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements