Menu
2020-07-22T16:21:22-03:00
melhor do que o esperado

PIB não teve queda tão intensa como esperado; fundo do poço foi abril, diz Waldery

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, repetiu nesta quarta, 22, a avaliação de que a queda do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020 não será tão elevada como se esperava no começo da crise decorrente da pandemia de covid-19

22 de julho de 2020
16:21
Waldery Rodrigues
Waldery Rodrigues - Imagem: Flickr Palácio do Planalto

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, repetiu nesta quarta, 22, a avaliação de que a queda do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020 não será tão elevada como se esperava no começo da crise decorrente da pandemia de covid-19. Na semana passada, a equipe econômica manteve a projeção para a recessão deste ano em uma retração de 4,7%.

"A economia não teve uma queda tão intensa como esperada. O fundo do poço foi abril e diversos dados já mostram alguma recuperação a partir de maio", afirmou, em coletiva para apresentação do Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas.

De acordo com o relatório de hoje, o rombo nas contas públicas do Governo Central deve encerrar este ano em R$ 787,449 bilhões.

Folga no teto

Apesar do déficit estimado em R$ 787,449 bilhões neste ano, secretário Waldery Rodrigues destacou que o governo ainda terá uma folga de R$ 2,804 bilhões em relação ao teto de gastos deste ano.

Para combater a pandemia do novo coronavírus, o governo federal recebeu autorização do Congresso para gastar mais do que estava previsto para esse ano, no que foi batizado de "orçamento de guerra" - que não está sujeito às amarras do teto de gastos por se tratarem de despesas emergenciais. A equipe econômica também não precisa cumprir a meta de déficit primário de 2020, que era de R$ 124 bilhões.

Waldery comentou ainda que a maior parte da queda na arrecadação na crise tem ocorrido nas receitas administradas. De acordo com o 3º Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, a projeção para a receita primária total no ano caiu R$ 21,201 bilhões, de R$ 1,477 trilhão para R$ R$ 1,456 trilhão. A previsão para as receitas administradas ficou R$ 23, 040 bilhões menor, passando de R$ 914,334 bilhões para R$ 891,294 bilhões.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

de olho na expansão

XP vê potencial para que ações da novata d1000 dobrem de valor após queda de 40% desde IPO

Para a XP Investimentos, o comprometimento da rede de farmácias com a expansão e melhoria operacional nos próximos anos abre possibilidade para que as ações se valorizem 105% em um ano

novidade na bolsa

Ações da Cury, da Cyrela, têm forte queda em estreia na B3

Papéis da construtora começam a ser negociados em dia de forte aversão ao risco nos mercados globais

Decisão do Supremo

Marco Aurélio libera meio bilhão da Andrade Gutierrez que TCU havia bloqueado

Indisponibilidade de bens foi decretada pela Corte de Contas em maio de 2018 no âmbito de auditoria que fiscalizou as obras civis da Usina Termonuclear de Angra 3, pelo prazo de um ano.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta segunda-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Movimentando o mercado

Acordo para TikTok nos EUA seria capaz de desbancar Facebook

Acordo – teoricamente aprovado pelo presidente Donald Trump, mas ainda sem aprovação das companhias envolvidas – criaria uma força capaz de desafiar a dominância do Facebook na internet

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements