Menu
2020-05-04T13:35:17-03:00
Estadão Conteúdo
estrago na economia

Pelo menos uma instituição financeira já projeta no Focus queda de 7% do PIB

No Focus, a mediana atual das projeções de todas as instituições financeiras para o PIB em 2020 é de queda de 3,76%, mas este parâmetro vem piorando nas últimas 12 semanas

4 de maio de 2020
13:34 - atualizado às 13:35
Bandeira do Brasil em meio a tempestade
Brasil - Imagem: Shutterstock

A paralisação de boa parte da atividade econômica no Brasil, em função do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus, faz as instituições financeiras traçarem cenários cada vez mais pessimistas para 2020. No Sistema de Expectativas do Banco Central, atualizado nesta segunda-feira, 4, juntamente com o Relatório de Mercado Focus, já existe pelo menos uma instituição que projeta retração de 7,01% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano.

No Focus, a mediana atual das projeções de todas as instituições financeiras para o PIB em 2020 é de queda de 3,76%, mas este parâmetro vem piorando nas últimas 12 semanas - portanto, desde o início de fevereiro, quando a avaliação era de que o surto do novo coronavírus poderia ficar restrito à China.

Após o tombo deste ano, os economistas esperam que a recuperação econômica em 2021 seja firme. O Focus indica que a mediana das projeções para o PIB no próximo ano está em 3,20% - um porcentual que, se confirmado, será o maior desde 2011, quando a economia brasileira avançou 4,0%.

No entanto, o Sistema de Expectativas revela que pelo menos uma instituição é bem mais pessimista em relação ao crescimento de 2021: a projeção é de alta de apenas 1,10% para o PIB no próximo ano. Este pessimismo, aliás, revela-se também em relação aos anos seguintes, com projeções de crescimento de 0,50% em 2022, 1,00% em 2023 e 1,00% em 2024.

Inflação e câmbio

Com a atividade econômica em forte retração neste ano, a expectativa dos economistas do mercado financeiro é de que a inflação também despenque. Pelo Focus, a mediana das projeções é de alta de 1,97% do IPCA em 2020 e de 3,30% em 2021.

O Sistema de Expectativas, no entanto, indica que pelo menos uma instituição financeira projeta inflação de apenas 0,68% em 2020 e de 2,42% em 2021.

O cenário traçado pelos economistas indica ainda que o dólar seguirá em patamares mais altos. Há um mês, a projeção para o dólar à vista no fim de 2020 era de R$ 4,50, conforme o Focus. Agora, a projeção está em R$ 5,00. O valor, porém, ainda está bem abaixo do que se verifica atualmente, com o dólar à vista na casa dos R$ 5,57. Na prática, para que a moeda americana termine, de fato, este ano em R$ 5,00 seria necessário haver uma melhora das condições econômicas. No Sistema de Expectativas, pelo menos uma instituição projeta dólar a R$ 6,00 no fim de 2020 - ou seja, acima do patamar atual.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Fechamento

Dólar sobe, Eletrobras fecha em queda no exterior e ações de tecnologia sustentam alta de índices nos EUA

Renúncia de Ferreira Junior ao cargo de presidente da estatal brasileira afeta confiança dos investidores na privatização; S&P 500 e Nasdaq fecham em alta

SD PREMIUM

Segredos da bolsa: Ata do Copom é destaque em meio à preocupação com covid-19 e cenário fiscal

A queda do EWZ, o principal fundo de índice com ações brasileiras em Nova York, indica uma reabertura no vermelho para o Ibovespa na volta do feriado

Futuro da estatal

‘Temos dentro da Eletrobras profissionais capazes de me suceder’, diz Wilson Ferreira

Após deixar presidência, Wilson Ferreira responde se há conflito de interesse ao se manter no conselho da Eletrobras e, ao mesmo tempo, presidir a BR Distribuidora

Expectativas

Novo presidente da Eletrobras (ELET3) deve dar prioridade à privatização, diz Caio Megale

Após saída de Wilson Ferreira, analista afirma que ‘a privatização da Eletrobras tem sua importância pela sua situação atual e pelo seu grau de maturidade (para ser privatizada)’

Reformas

‘Vamos limpar a pauta, destravando o horizonte de investimentos’, diz Paulo Guedes

Ministro prometeu que o governo não irá aumentar impostos e reforçou que a atividade está se recuperando em ‘V’

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies