Menu
2020-03-24T20:21:10-03:00
Estadão Conteúdo
ORÇAMENTO

Maia diz que texto sobre ‘orçamento de guerra’ está ficando pronto

Em entrevista à Globonews, Maia disse ter tido uma “reação positiva” dos agentes econômicos com quem conversou sobre a proposta

24 de março de 2020
20:21
Rodrigo Maia
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. - Imagem: Cesar Itiberê/PR

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira, 24, que o texto sobre o "Orçamento de guerra" para o enfrentamento da crise causada pelo novo coronavírus está ficando pronto. A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) trata de um orçamento paralelo menos engessado em relação às previsões da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), por exemplo.

Em entrevista à Globonews, Maia disse ter tido uma "reação positiva" dos agentes econômicos com quem conversou sobre a proposta. "A gente não pode enfrentar a crise contaminando o futuro, nós temos que tratar a crise de forma objetiva", afirmou.

Para Maia, o orçamento de guerra trará "mais transparência, agilidade e garantia jurídica" para a tomada de decisões no contexto de crise. "Pode ser um caminho importante para garantir celeridade e a certeza que vai ter recurso para o enfrentamento da crise na área de saúde, na área econômica, principalmente na área social, em relação à econômica", declarou.

"Quando a crise passar, nós voltamos à pauta de reestruturação do Estado brasileiro", acrescentou.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

sob pressão

Inflação e redução do auxílio emergencial já derrubam vendas nos supermercados

Em outubro, a prévia da inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor-15 (IPCA-15) atingiu 0,94%. O resultado é mais que o dobro da inflação registrada em setembro e a maior alta para o mês em 25 anos

efeito pandemia

Setor público tem déficit primário de R$ 64,559 bi em setembro, diz BC

Em função da pandemia, cujos efeitos econômicos se intensificaram em março, o governo federal e os governos regionais passaram a enfrentar um cenário de forte retração das receitas e aumento dos gastos públicos.

AINDA RUIM

Taxa de desemprego atinge 14,4% no trimestre até agosto, a maior desde 2012

País registrou 13,794 milhões de desempregados no período, aumento de 8,5%

VAREJO COMPETITIVO

Fast Shop aposta em conceito ‘luxo’ contra gigantes

Segundo presidente da empresa, expansão em 2020 deve ser de 15% a 20%, elevando a receita do negócio para próximo (ou além) de R$ 5 bilhões

Exile on Wall Street

Tempos modernos, vícios antigos

A indústria ainda tem muito a evoluir no sentido de democratizar produtos eficientes e boas práticas que permitam ao investidor comum internacionalizar sua carteira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies