⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-02-27T09:48:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olho no indicador

Índice que corrige o aluguel, IGP-M cai 0,04% em fevereiro

Com o resultado, indicador acumula variação de 6,82% nos 12 meses encerrados em fevereiro e de 0,44% em 2019

27 de fevereiro de 2020
9:46 - atualizado às 9:48
vista aérea de imóveis em São Paulo
Imagem: Divulgação

Considerado a "inflação do aluguel", o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) caiu 0,04% em fevereiro, informou nesta quinta-feira (27) a Fundação Getúlio Vargas.

O resultado ficou 0,52 ponto porcentual abaixo da variação de janeiro, quando o indicador avançou 0,48%. Com o resultado, o IGP-M acumula variação de 6,82% nos 12 meses encerrados em fevereiro e de 0,44% em 2019.

Na margem, a inflação medida pelo IGP-M de fevereiro foi praticamente em linha com a mediana do levantamento Projeções Broadcast, que indicava queda de 0,05% para o dado. As estimativas iam de retração de 0,28% a avanço de 0,05%. No acumulado, o resultado também ficou próximo à mediana, de 6,81%, e dentro do intervalo (6,60% a 6,92%).

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) inverteu o sinal e caiu 0,19% em fevereiro, depois de avançar 0,50% no mês anterior. O indicador de custos do atacado acumula alta de 8,38% em 12 meses. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) também desacelerou e subiu 0,21% nesta divulgação, de 0,52% em janeiro, e acumula 3,67% em 12 meses.

O Índice Nacional de Custo da Construção - M (INCC-M), divulgado pela FGV na sexta-feira (21) ganhou tração e subiu 0,35%, após 0,26% no primeiro mês do ano. Em 12 meses, o grupo acumula variação de 4,15%.

IPAs

O IPA industrial teve queda de 0,41% no mês, depois de avançar 0,75% em janeiro. Os preços agrícolas, medidos pelo IPA Agropecuário, na outra ponta, subiram 0,45%, após queda de 0,21% na divulgação anterior.

Em 12 meses, o IPA acumula variação de 8,38%, enquanto os preços ao produtor industrial têm alta de 6,27% e os preços ao produtor agropecuário, de 14,79%.

Dois dos três estágios de produção tiveram deflação em fevereiro. Os bens intermediários tiveram a maior queda da divulgação, com taxa negativa de 0,33% - 1,54 ponto porcentual abaixo da variação de janeiro, quando houve alta de 1,21%.

O principal responsável pela variação foi o grupo de combustíveis e lubrificantes para a produção, cuja taxa passou de 4,20% para -3,67% no período.

Os preços dos bens finais também tiveram inversão de sinal e marcaram deflação de 0,55%, depois de avançarem 0,02% no mês anterior. O comportamento foi puxado pelo grupo de alimentos processados, que continuou desacelerando e caiu 1,57% em fevereiro, depois de uma queda de 0,44% em janeiro.

Na outra ponta, as matérias-primas brutas ganharam tração e avançaram 0,36%, de 0,26% no mês anterior. O crescimento foi puxado pela desaceleração na taxa de deflação dos bovinos, que passou de 5,83% em janeiro para 1,06% em fevereiro. Por outro lado, fizeram pressão para baixo o minério de ferro (1,43% para -0,01%) e o milho em grão (8,26% para 5,17%).

Em 12 meses, os bens intermediários acumulam taxa de 4,43%, os bens finais têm variação de 5,54% e as matérias-primas brutas subiram 16,52%.

Influências individuais

Além do milho em grão, pressionaram o IPA de fevereiro para cima os ovos (-0,96% para 8,69%), a cana de açúcar (1,62% para 1,82%), o leite in natura (1,01% para 2,77%) e o algodão em caroço (3,30% para 8,86%).

Na outra ponta, contribuíram com a queda do indicador o óleo diesel (3,15% para -9,78%), a soja em grão (-1,78% para -2,97%), a gasolina automotiva (0,11% para -7,28%), a carne bovina (-3,15% para -8,08%) e o café em grão (-1,64% para -6,61%).

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

ELEIÇÕES 2022

‘Descamba ao absurdo’: pedido de coligação de Bolsonaro para suspender transporte gratuito nas eleições é barrado por corregedor do TSE

1 de outubro de 2022 - 21:57

Além da petição considerada ‘absurda’, a coligação ainda errou na solicitação, pois a decisão questionada pelo PL determinou apenas que o transporte público opere em níveis normais no próximo domingo

ELEIÇÕES 2022

Contrariando as pesquisas, Bolsonaro espera ser eleito amanhã com mais de 60% dos votos válidos

1 de outubro de 2022 - 21:26

Bolsonaro disse esperar que as eleições ocorram com “lisura” e “transparência” e voltou a fazer ameaças contra o STF

NA CONTA DA Berkshire Hathaway

Warren Buffett já perdeu US$ 36 bilhões com a Apple neste ano; por que uma das “joias da coroa” do megainvestidor despenca no mercado acionário?

1 de outubro de 2022 - 20:32

Os ativos da gigante de tecnologia acumulam queda de 24% este ano, refletindo o mercado tech e também fatores internos

ELEIÇÕES 2022

Lula não teme golpe de Bolsonaro — petista diz que, se for eleito, “haverá posse”

1 de outubro de 2022 - 19:29

O ex-presidente indicou que acredita na vitória, mas ainda não sabe se ela virá no primeiro ou segundo turno

ELEIÇÕES 2022

Último Datafolha mostra Lula com 50% das intenções de voto, contra 36% de Bolsonaro; petista manteve vantagem e pode levar o pleito no primeiro turno

1 de outubro de 2022 - 18:12

A última pesquisa Datafolha antes do primeiro turno acaba de ser divulgada e mostra que a distância entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) manteve-se a mesma. O levantamento publicado neste sábado indica que Lula tem 50% dos votos válidos contra 36% de Bolsonaro. A pontuação do petista […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies