Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-05-12T12:29:33-03:00
Estadão Conteúdo
A conta do vírus

Impacto da covid-19 para distribuidoras de energia soma R$ 4,623 bi desde março

Impacto estimado da covid-19 para os últimos 30 dias foi de R$ 4,1 bilhões, dos quais R$ 2,048 bilhões devido ao maior volume de contas de luz em atraso.

12 de maio de 2020
12:07 - atualizado às 12:29
torres de energia elétrica
Imagem: Shutterstock

O impacto da pandemia de covid-19 nas distribuidoras de energia elétrica até agora, desde a adoção de medidas de isolamento social, em 18 de março, é estimado em R$ 4,623 bilhões, segundo informou o Ministério de Minas e Energia, em boletim semanal sobre o impacto da covid-19 no setor. A maior parte desse valor, ou R$ 3,478 bilhões, se refere ao aumento da inadimplência.

Segundo o MME, a inadimplência acumulada desde março alcançou 15,08%, ante média mensal de 3,27% no primeiro semestre de 2019.

Considerando somente a inadimplência dos últimos 30 dias, o índice chegou a 14,74% no início de maio, levando em conta os dados de 41 concessionárias de distribuição.

O impacto estimado da covid-19 para os últimos 30 dias foi de R$ 4,1 bilhões, dos quais R$ 2,048 bilhões devido ao maior volume de contas de luz em atraso.

Há também um impacto estimado de R$ 2,057 bilhões decorrente da redução do faturamento por causa da pandemia. O MME aponta que somente no último domingo a carga média de energia do Sistema Interligado Nacional foi 17,16% menor em relação à curva típica anterior às medidas de restrição.).

No total, as distribuidoras consultadas indicaram um faturamento de R$ 15,213 bilhões nos últimos 30 dias, ante a média mensal de R$ 19,318 bilhões observada no primeiro semestre do ano passado.

O governo vem estruturando um empréstimo para socorrer o setor elétrico. O valor atualmente estimado para operação é de R$ 10 bilhões a R$ 12 bilhões, com custos que deverão ser divididos entre consumidores e empresas.

A expectativa é de que um eventual financiamento para cobrir essa inadimplência maior não gere impacto nas tarifas, ou seja, que as distribuidoras assumam seus custos integralmente. O decreto que detalhara a operação deve ser publicado nesta semana.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Ventos contrários

Renova Energia não consegue “proteção” contra minoritários da própria empresa

Empresa perdeu ação no TJ-SP que tentata impedir os acionistas de produzirem provas contra a empresa, relativas à investigação sobre desvio de recursos

Preocupação

Vidas secas? Bolsonaro admite que Brasil vive “enorme crise hidrológica”

Presidente citou a falta de chuvas como um dos grandes problemas econômicos do país, juntamente com os efeitos causados pela pandemia

MESA QUADRADA

“Não me arrependo de nada. Só não posso dar conselhos financeiros para ninguém”, diz Bob Wolfenson, o fotógrafo das celebridades entrevistado no 7º episódio do Mesa Quadrada

Em em conversa para o podcast Mesa Quadrada, Dan Stulbach, Teco Medina e Caio Mesquita, conversam sobre dinheiro e carreira com Bob Wolfenson, ícone da fotografia brasileira

Situação preocupante

Cuidado com as luzes acesas! Aneel mantém taxa adicional mais alta na contas de agosto

Tarifa cobrada na bandeira vermelha nível 2 é de R$ 9,49 por 100 quilowatts-hora (kWh), e agência continua avaliando se vai elevar o valor

O melhor do Seu Dinheiro

Os melhores investimentos do mês e as notícias que foram destaque na semana

lém do ranking, tivemos o Ibovespa em queda de 2,60, e uma entrevista exclusiva com o CEO da Ânima Educação, que busca um “modelo Magalu”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies