Menu
2020-09-16T09:50:53-03:00
Estadão Conteúdo
de olho na retomada

IGP-10 sobe 4,34% em setembro, diz FGV

Alta no custo dos alimentos ajudou a sustentar a inflação ao consumidor dentro do indicador

16 de setembro de 2020
9:50
inflação consumo
Imagem: Shutterstock

O Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) subiu 4,34% em setembro, após ter aumentado 2,53% em agosto, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira, 16.

Quanto aos três indicadores que compõem o IGP-10 de setembro, os preços no atacado medidos pelo IPA-10 tiveram alta de 5,99% no mês, ante uma elevação de 3,38% em agosto. Os preços ao consumidor verificados pelo IPC-10 apresentaram aumento de 0,46% em setembro, após o avanço de 0,48% em agosto. Já o INCC-10, que mede os preços da construção civil, subiu 0,80% este mês, depois de subir 1,01% em agosto.

O IGP-10 acumulou um aumento de 13,98% no ano. A taxa em 12 meses ficou positiva em 17,03%. A alta no custo dos alimentos ajudou a sustentar a inflação ao consumidor dentro do indicador. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-10) passou de uma elevação de 0,48% em agosto para um aumento de 0,46% este mês.

Seis das oito classes de despesa registraram taxas de variação mais baixas, com destaque para o grupo Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,50% em agosto para -0,34% em setembro), sob influência do item plano e seguro de saúde (de 0,60% para -2,40%).

Os demais decréscimos ocorreram nas taxas dos grupos Comunicação (de 0,72% para 0,01%), Transportes (de 1,14% para 0,91%), Habitação (de 0,64% para 0,50%), Vestuário (de -0,25% para -0,35%) e Despesas Diversas (de 0,42% para 0,30%). Houve influência dos itens combo de telefonia, internet e TV por assinatura (de 1,36% para 0,00%), gasolina (de 3,37% para 2,83%), tarifa de eletricidade residencial (de 2,01% para 0,72%), calçados (de 0,48% para -0,15%) e conserto de aparelho telefônico celular (de 2,09% para 1,06%).

Na direção oposta, houve aceleração nas taxas dos grupos Alimentação (de 0,33% para 0,99%) e Educação, Leitura e Recreação (de -0,77% para 0,38%). As principais contribuições partiram dos itens hortaliças e legumes (de -10,23% para -4,84%) e passagem aérea (de -3,24% para 6,97%).

O período de coleta de preços para o indicador de setembro foi do dia 11 de agosto a 10 deste mês.

IPAs

Os preços agropecuários medidos pelo IPA Agrícola subiram 8,78% no atacado em setembro, após um avanço de 4,20% em agosto, dentro do IGP-10. Já os preços dos produtos industriais - mensurados pelo IPA Industrial - tiveram alta de 4,95% este mês, depois da elevação de 3,08% no atacado em agosto.

Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais tiveram alta de 2,56% em setembro, ante uma elevação de 0,86% no mês anterior.

Os preços dos bens intermediários subiram 3,63% em setembro, após alta de 2,64% em agosto. Já os preços das matérias-primas brutas subiram 11,17% em setembro, depois da elevação de 6,45% em agosto.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

follow on

Ânima levanta R$ 918 milhões em oferta restrita de ações

Recursos levantados serão destinados a financiar parte da aquisição dos ativos do grupo americano de educação Laureate no Brasil

na briga

Em meio a IPO da Rede D’Or, Dasa adquire rede de hospitais em SP por R$ 1,77 bi

Com Leforte, companhia passa a ter cinco hospitais na região metropolitana de São Paulo e expande número de leitos de internação para 2,6 mil

Entrevista exclusiva

Meta da Mitre é lançar cerca de R$ 1,5 bi por ano e pagar ‘bastante dividendo’, diz CEO

Com queda de cerca de 20% no preço das ações desde o IPO, a construtora Mitre Realty entregou bons resultados no 3º trimestre e atingiu 75% da meta inicial de lançamentos para o ano; a partir de 2021, objetivo é estabilizar em seu “tamanho ideal” e focar em rentabilidade e dividendos, diz o presidente Fabrício Mitre.

Sextou com o Ruy

Compre ações de empresas que ganham junto com o cliente

A Pagseguro e a Stone são ótimos exemplos dessa mudança. Elas surgiram com o propósito de melhorar a experiência para os clientes insatisfeitos com os serviços da Cielo e da Redecard

prévias operacionais

Na Gol, demanda por voos cai 43,8% em novembro na comparação anual

No acumulado em 11 meses, a demanda tem recuo de 53,6% na comparação com 2019, enquanto a oferta recuou 52,4%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies