Menu
2020-06-22T10:01:54-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
boletim focus

Mercado projeta tombo de 6,50% da economia brasileira em 2020

É a primeira vez em 18 semanas que a publicação não aprofunda o pessimismo

22 de junho de 2020
8:53 - atualizado às 10:01
crise coronavírus brasil
Imagem: Shutterstock

O mercado financeiro projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) cairá 6,50% neste ano, mostra a edição desta segunda-feira (22) do Focus. É a primeira vez em 18 semanas que a publicação não aprofunda o pessimismo. Há sete dias, a previsão era de recuo de 6,51% da economia.

A publicação traz uma atualização da inflação medida pelo IPCA: de 1,60% na semana passada para 1,61%. O dólar deve terminar o ano a R$ 5,20 - mesma projeção da semana passada.

Para 2021, a estimativa do mercado hoje, assim como na semana passada, é que a economia brasileira avance 3,50%. A inflação seria de 3%, como relatado há sete dias, e o dólar terminaria o ano a R$ 5 - na semana passada era de R$ 5 também.

O mercado manteve a expectativa de Selic a 2,25% ao final deste ano e 3% para 2021. A taxa básica de juros foi reduzida na semana passada, de 3% para 2,25%.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies