Menu
2020-05-11T09:03:56-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
efeito coronavírus

Mercado prevê tombo de 4,11% do PIB e Selic a 2,5% neste ano

Segundo o Focus, do BC, a estimativa é de que a inflação termine o ano a 1,76%, em meio à crise do coronavírus

11 de maio de 2020
9:03
crise recessão mundo
Imagem: Shutterstock

O mercado financeiro reduziu as estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB), taxa básica de juros e inflação em 2020, segundo o boletim Focus, do BC, divulgado nesta segunda-feira (11). Os dados foram levantados na semana passada em pesquisa com mais de 100 instituições financeiras.

A expectativa é de que a economia brasileira registre uma queda de 4,11% neste ano, de acordo com a publicação. O número é mais pessimista em relação a edição da semana da passada, de recuo de 3,76% do PIB, mas ainda é mais otimista que a estimativa do Fundo Monetário Internacional (FMI), por exemplo, que fala em uma baixa de 5,3%.

Segundo o Focus, a Selic deve terminar o ano a 2,5%. A redução em relação a estimativa de 2,75% da segunda-feira passada é apresentada após o Banco Central reduzir a taxa básica de juros para 3% ao ano, no último dia 6. Para o fim de 2021, a expectativa do mercado caiu de 3,75% para 3,50% ao ano.

O corte da Selic aconteceu por causa da crise do novo coronavírus, que derrubou a demanda e a oferta. A pandemia também mexeu com a inflação, que em abril recuou 0,31%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O mercado prevê que a inflação termine o ano a 1,76%, segundo o Focus. A expectativa, anteriormente em 1,97%, continua abaixo da meta central, de 4%, e também do piso do sistema de metas, de 2,5% neste ano.

A estimativa é que em 2021 a inflação fique em 3,25%, ainda segundo o Focus, que apresentou uma manutenção da estimativa para o dólar neste ano, em R$ 5, mas aumentou para 2021, de R$ 4,75 para R$ 4,83.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Fechou bem o ano

Petrobras tem lucro de quase R$ 60 bi no 4º trimestre e anuncia R$ 10 bi em dividendos

Alta extraordinária de 635% no lucro teve influência de itens não recorrentes de peso, mas mesmo o lucro recorrente totalizou R$ 28 bilhões, alta de 120% na comparação anual; em 2020, estatal lucrou R$ 7,1 bilhões, queda de 82% em relação a 2019

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Quanto vale a Eletrobras privatizada

Ontem à noite, o governo federal entregou ao Congresso a Medida Provisória que possibilita a privatização da Eletrobras e de quase todas as suas subsidiárias. O procedimento será feito por meio de uma capitalização que vai diluir a participação da União, que apenas manterá uma ação com poderes especiais de veto, a chamada golden share. […]

FECHAMENTO

Eletrobras dá susto na reta final, mas Ibovespa segue se recuperando do tombo recente; dólar recua

Estatais seguem se recuperando do tombo recente e a bolsa brasileira também conta com uma ajudinha do exterior

De volta ao topo

País volta a ser maior mercado de caminhão da Mercedes, que reafirma investimento

O volume supera os 24,5 mil caminhões vendidos na Alemanha, que caiu para a segunda posição no ranking de mercados globais da montadora.

Retomada

Faturamento da indústria de máquinas sobe 38,5% em janeiro em comparação anual

A expectativa é de que as vendas internas continuem positivas.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies