Menu
2020-06-01T09:17:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
efeito coronavírus

Mercado projeta tombo de 6,25% do PIB em 2020

Focus também mostra uma estimativa menor de inflação medida pelo IPCA ao final deste ano: de 1,57% para 1,55%

1 de junho de 2020
9:10 - atualizado às 9:17
recessão pib brasil
Imagem: Shutterstock

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o mercado financeiro reduziu mais uma vez a projeção para a economia brasileira em 2020, segundo o Boletim Focus desta segunda-feira (1): de queda de 5,89% do Produto Interno Bruto (PIB), para redução de 6,25%.

No último dia 29, o IBGE revelou que o PIB caiu 1,5% no primeiro trimestre. Como a crise se aprofundou apenas a partir da segunda metade de março, com o isolamento social em vários Estados, a expectativa é que os próximos dados revelem um tombo ainda maior da atividade.

O focus também mostra uma estimativa menor de inflação medida pelo IPCA ao final deste ano: de 1,57% para 1,55%. No ano seguinte, a alta de preços deve ser de 3,10%, ante projeção anterior de 3,14%.

A publicação aponta a mesma estimativa para Selic e câmbio neste ano exibida na semana anterior: taxa básica de juros a 2,25% e dólar a R$ 5,40. Para 2021, a expectativa é de Selic a 3,38% e câmbio a R$ 5,08.

Hoje, a taxa básica de juros está em 3%, na mínima histórica, enquanto o dólar fechou a sexta-feira cotado a R$ 5,33.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Decisão cautelar

TCU proíbe governo Bolsonaro de anunciar em sites que exerçam atividades ilegais

Indícios de irregularidades na veiculação de propagandas do governo federal levaram o TCU a tomar a decisão cautelar, concedida pelo ministro Vital do Rêgo

PGR

Aras recomenda a Guedes mais transparência em gastos no combate à pandemia

A pedido de procuradores do MPF-PE, o procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou recomendações para Guedes dar transparência aos gastos federais

Setor em destaque

Estatais de saneamento querem flexibilizar regras para contratar empréstimos

Com regras mais fáceis para a entrada do setor privado, as estatais de saneamento querem que a concessão de empréstimos ao segmento seja menos rigorosa

Preocupação ambiental

Para empresários, discurso do governo sobre desmatamento mudou

Após reunião com o vice-presidente Hamilton Mourão, empresários parecem satisfeitos quanto aos compromissos firmados pelo governo a respeito do desmatamento

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O canto da sereia

Uma matéria alertando para os riscos do day trade foi a mais lida desta semana no Seu Dinheiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements