Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-22T16:02:54-03:00
Estadão Conteúdo
fuga de dólar

Fluxo cambial total no ano até 17 de julho é negativo em US$ 15,511 bilhões

Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março

22 de julho de 2020
16:02
dinheiro dólar
Imagem: Shutterstock

O fluxo cambial do ano até 17 de julho ficou negativo em US$ 15,511 bilhões, informou há pouco o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 7,827 bilhões. Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 17 de julho foi de US$ 42,534 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 281,382 bilhões e de envios no total de US$ 323,916 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 17 de julho ficou positivo em US$ 27,023 bilhões, com importações de US$ 84,063 bilhões e exportações de US$ 111,086 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 16,142 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 40,250 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 54,694 bilhões em outras entradas.

Julho

Depois de encerrar junho com saídas líquidas de US$ 2,885 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 2,974 bilhões em julho até o dia 17, informou há pouco o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 4,390 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 17,916 bilhões e de retiradas no total de US$ 22,306 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de julho até o dia 17 é positivo em US$ 1,416 bilhão, com importações de US$ 5,789 bilhões e exportações de US$ 7,205 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 688 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 2,218 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 4,299 bilhões em outras entradas.

Semanal

O fluxo cambial registrado na semana passada (de 13 a 17 de julho) para o Brasil ficou negativo em US$ 598 milhões, informou há pouco o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 886 milhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 8,942 bilhões e de envios no total de US$ 9,827 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 288 milhões, com importações de US$ 2,344 bilhões e exportações de US$ 2,632 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 214 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 957 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,461 bilhão em outras entradas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies