Menu
2020-07-22T16:02:54-03:00
fuga de dólar

Fluxo cambial total no ano até 17 de julho é negativo em US$ 15,511 bilhões

Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março

22 de julho de 2020
16:02
dinheiro dólar
Imagem: Shutterstock

O fluxo cambial do ano até 17 de julho ficou negativo em US$ 15,511 bilhões, informou há pouco o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 7,827 bilhões. Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 17 de julho foi de US$ 42,534 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 281,382 bilhões e de envios no total de US$ 323,916 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 17 de julho ficou positivo em US$ 27,023 bilhões, com importações de US$ 84,063 bilhões e exportações de US$ 111,086 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 16,142 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 40,250 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 54,694 bilhões em outras entradas.

Julho

Depois de encerrar junho com saídas líquidas de US$ 2,885 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 2,974 bilhões em julho até o dia 17, informou há pouco o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 4,390 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 17,916 bilhões e de retiradas no total de US$ 22,306 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de julho até o dia 17 é positivo em US$ 1,416 bilhão, com importações de US$ 5,789 bilhões e exportações de US$ 7,205 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 688 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 2,218 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 4,299 bilhões em outras entradas.

Semanal

O fluxo cambial registrado na semana passada (de 13 a 17 de julho) para o Brasil ficou negativo em US$ 598 milhões, informou há pouco o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 886 milhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 8,942 bilhões e de envios no total de US$ 9,827 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 288 milhões, com importações de US$ 2,344 bilhões e exportações de US$ 2,632 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 214 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 957 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,461 bilhão em outras entradas.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

em recuperação judicial

Justiça dos EUA libera empréstimo de US$ 2,4 bi da Latam

Nova proposta retirou cláusula questionada por minoritários

o melhor do seu dinheiro

Briga de bilionários e a maior besteira da minha vida

Texto mais lido da semana foi sobre uma troca de farpas virtual entre Elon Musk e Bill Gates. O motivo da discórdia? A viabilidade de veículos elétricos para longas distâncias

críticas ao governo

Para Bill Gates, uma medida de Trump pode ter acelerado o contágio pelo coronavírus

Voz crítica ao governo americano durante a pandemia, o bilionário apontou uma medida do presidente dos EUA que não ajudou a segurar a doença nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements