Menu
2020-08-27T09:26:49-03:00
Estadão Conteúdo
No caminho da recuperação

FGV: Confiança da indústria sobe 8,9 pontos em agosto ante julho, a 98,7 pontos

Dos 19 segmentos industriais pesquisados, 18 registraram aumento da confiança, reflexo de avaliações positivas sobre o momento atual e também em relação aos próximos três meses, segundo a FGV

27 de agosto de 2020
9:26
Produção industrial
Imagem: José Patricio/Estadão Conteúdo

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas (FGV) subiu 8,9 pontos em agosto, chegando a 98,7 pontos. Com o resultado, o índice alcançou o quarto mês seguido de alta e recuperou 40,5 pontos dos 43,2 pontos perdidos nos meses de março e abril, uma recuperação de 93,8%.

Dos 19 segmentos industriais pesquisados, 18 registraram aumento da confiança, reflexo de avaliações positivas sobre o momento atual e também em relação aos próximos três meses, segundo a FGV. O Índice de Situação Atual (ISA) chegou a 97,8 pontos, alta de 8,7 pontos em relação ao mês passado. O Índice de Expectativas (IE) subiu 9,1 pontos e chegou a 99,6 pontos no total, já acima dos 96,2 pontos registrados em março, mas abaixo dos 101,8 pontos de fevereiro.

Todos os indicadores componentes do IE registraram alta: produção prevista (mais 8,8 pontos, chegando a 107,8), emprego previsto (mais 9,3 pontos, chegando a 102,3) e ambiente de negócios nos seus meses seguintes (mais 8,7 chegando a 88,8). O nível de 100 pontos é considerado neutro.

Entre os componentes no ISA, situação atual de negócios foi a maior influência positiva, subindo 12,1 pontos e chegando a 99,1. O nível de estoques avançou 8,8 pontos e foi a 99,0. Demanda cresceu 4,7, chegando a 95,7 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) foi acrescido em 3 pontos porcentuais, passando de 72,3% em julho para 75,3% em agosto. Assim, chegou ao mesmo patamar de março e está a 0,9 ponto porcentual do nível de fevereiro (76,2%).

A economista Renata de Mello Franco, do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE/FGV), classificou a alta no ICI nos últimos meses como "consistente e disseminada", com a percepção do empresariado de que a economia se aproxima do nível pré-pandemia. "Para os próximos meses, os indicadores de expectativas mostram certo otimismo, com mais de 40% do setor prevendo aumento do ritmo de produção. Contudo, observamos que ainda há muita incerteza das empresas, evidenciada pela dificuldade de recuperação do indicador de tendência dos negócios", pontua a economista.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

atenção, acionista

Itaú Unibanco anuncia pagamento de juros sobre capital próprio

Segundo a empresa, os valores serão pagos com base na posição acionária do dia 10 de dezembro

seu dinheiro na sua noite

Um zero a zero para se comemorar

O gol é um detalhe. A frase atribuída a Carlos Alberto Parreira representa um marco do estilo considerado retranqueiro do ex-técnico da seleção brasileira. Ainda que Parreira negue a afirmação, o fato é que o Brasil sagrou-se campeão da Copa de 1994 sob o comando do técnico depois de um empate por zero a zero […]

separação em curso

Conselho de administração do Itaú aprova criação da Newco, dona de parte da XP

Cisão ainda precisa ser aprovada pelos acionistas, e caso isso aconteça, eles vão passar a deter participação também na Newco

fechamento dos mercados

Ibovespa perde ímpeto sem NY, mas consegue fechar em leve alta aos 110 mil pontos

Índice acionário estendeu sequência de altas em sessão de marasmo por liquidez reduzida. Embate entre Guedes e Campos Neto realça questão fiscal, mas juros recuam com leilão do Tesouro

eleição em são paulo

Empresários e investidores entregam manifesto a favor da candidatura de Boulos

Candidato é tratado como empreendedor social e, em conversas reservadas, o MTST é comparado a uma startup de sucesso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies