Menu
2020-08-27T09:26:49-03:00
Estadão Conteúdo
No caminho da recuperação

FGV: Confiança da indústria sobe 8,9 pontos em agosto ante julho, a 98,7 pontos

Dos 19 segmentos industriais pesquisados, 18 registraram aumento da confiança, reflexo de avaliações positivas sobre o momento atual e também em relação aos próximos três meses, segundo a FGV

27 de agosto de 2020
9:26
Produção industrial
Imagem: José Patricio/Estadão Conteúdo

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas (FGV) subiu 8,9 pontos em agosto, chegando a 98,7 pontos. Com o resultado, o índice alcançou o quarto mês seguido de alta e recuperou 40,5 pontos dos 43,2 pontos perdidos nos meses de março e abril, uma recuperação de 93,8%.

Dos 19 segmentos industriais pesquisados, 18 registraram aumento da confiança, reflexo de avaliações positivas sobre o momento atual e também em relação aos próximos três meses, segundo a FGV. O Índice de Situação Atual (ISA) chegou a 97,8 pontos, alta de 8,7 pontos em relação ao mês passado. O Índice de Expectativas (IE) subiu 9,1 pontos e chegou a 99,6 pontos no total, já acima dos 96,2 pontos registrados em março, mas abaixo dos 101,8 pontos de fevereiro.

Todos os indicadores componentes do IE registraram alta: produção prevista (mais 8,8 pontos, chegando a 107,8), emprego previsto (mais 9,3 pontos, chegando a 102,3) e ambiente de negócios nos seus meses seguintes (mais 8,7 chegando a 88,8). O nível de 100 pontos é considerado neutro.

Entre os componentes no ISA, situação atual de negócios foi a maior influência positiva, subindo 12,1 pontos e chegando a 99,1. O nível de estoques avançou 8,8 pontos e foi a 99,0. Demanda cresceu 4,7, chegando a 95,7 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) foi acrescido em 3 pontos porcentuais, passando de 72,3% em julho para 75,3% em agosto. Assim, chegou ao mesmo patamar de março e está a 0,9 ponto porcentual do nível de fevereiro (76,2%).

A economista Renata de Mello Franco, do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE/FGV), classificou a alta no ICI nos últimos meses como "consistente e disseminada", com a percepção do empresariado de que a economia se aproxima do nível pré-pandemia. "Para os próximos meses, os indicadores de expectativas mostram certo otimismo, com mais de 40% do setor prevendo aumento do ritmo de produção. Contudo, observamos que ainda há muita incerteza das empresas, evidenciada pela dificuldade de recuperação do indicador de tendência dos negócios", pontua a economista.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

SOB NOVA DIREÇÃO

Em assembleia tensa, acionistas da Petrobras destituem Castello Branco

Minoritários chegaram a indicar quatro candidatos, mas mudaram de ideia e retiraram duas candidaturas, diante da falta de votos

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Como ficam as ações dos países emergentes com a recuperação nos EUA?

Como as ações acompanham os lucros, há um fluxo de recursos para os EUA em detrimento do que foi verificado no final do ano passado

Entrevista exclusiva

PicPay chega aos 50 milhões de usuários e fundador fala dos planos para chegar aos celulares de todos os brasileiros

Com IPO no radar, aplicativo segue a trilha aberta pelo chinês WeChat e acelera crescimento com novos serviços e a contratação de pesos-pesados do mercado

IR 2021

Até quem já morreu precisa prestar contas ao Leão: como fazer declaração de espólio e informar herança no IR

Declarar espólio é obrigatório quando este se enquadra nas regras de obrigatoriedade e quando ocorre a conclusão do processo de inventário; herdeiros também precisam informar valores recebidos nas suas declarações

seu dinheiro na sua noite

Fidelidade em baixa com a pandemia

Não, não estou falando da fidelidade entre casais. Até porque, por mais que a convivência excessiva em família na quarentena tenha abalado alguns casamentos, o momento não anda muito propício às puladas de cerca. Estou falando do setor de fidelidade, que abarca as empresas de programas de pontos e milhagem, sobretudo aqueles ligados às companhias […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies