2020-03-22T16:51:34-03:00
INJEÇÃO DE DINHEIRO

FED destinará até US$ 4 bilhões em empréstimos a empresas para resgatar economia, diz Mnuchin

O secretário disse que o projeto que busca disponibilizar todo esse dinheiro deve ser finalizado neste domingo e que deve estar pronto para votação na segunda-feira (23) no Senado americano

22 de março de 2020
12:21 - atualizado às 16:51
Imagem: Shutterstock

Em entrevista à Fox News neste domingo (22), o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, disse que "está trabalhando com o banco central americano (FED) e que há um projeto que busca destinar até US$ 4 bilhões para aumentar a liquidez e apoiar a economia americana". As informações são do site Market Watch.

O secretário disse que o projeto que busca disponibilizar todo esse dinheiro deve ser finalizado neste domingo e que deve estar pronto para votação na segunda-feira (23) no Senado americano.

De acordo com ele, a iniciativa buscará incluir empréstimos de retenção para pequenas empresas, com o objetivo de ajudá-las a manter os trabalhadores e a folha de pagamento por um período entre 90 e 120 dias.

Em sua fala, ele destacou ainda que os pagamentos devem ter como base valores referentes à duas semanas de fluxo e que cobririam ainda despesas gerais.

O secretário também anunciou uma medida que buscará oferecer uma espécie de "cheque" aos americanos. Segundo ele, famílias de até quatro pessoas deverão receber em média US$ 3 mil.

E se alguém for demitido por conta da pandemia, Mnuchin falou que a medida prevê disponibilizar uma espéciice de seguro desemprego aprimorado para essas pessoas.

Mnuchin disse ainda que, se o desligamento virtual da economia americana durar mais do que o esperado, o Congresso aprovará outro pacote de resgate.

Ajuda do FED

Além de auxiliar na recuperação da economia americana, o FED anunciou, na última sexta-feira (20), uma ação coordenada com outros cinco bancos centrais do mundo na tentativa de aumentar a liquidez nos mercados por meio de operações de swap cambial.

Segundo o comunicado, as operações diárias terão início na segunda-feira (23) e continuarão pelo menos até o fim de abril. Além disso, a autarquia informou que os bancos centrais continuarão a fazer semanalmente operações com vencimento de 84 dias.

Entre as entidades envolvidas na ação estão nomes como o Banco do Canadá, o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), o Banco do Japão (BoJ), o Banco Central Europeu (BCE) e o Banco Nacional da Suíça.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Análise SD

Jogou a toalha? Azul (AZUL4) critica plano de recuperação da LATAM e dá a entender que não vai aumentar a proposta

A Latam pretende injetar mais de US$ 8 bi com as medidas de seu plano de recuperação judicial, cifra superior à proposta pela Azul (AZUL4)

bitcoin (BTC) hoje

Alívio com variante da covid-19 chega primeiro ao mercado de criptomoedas e bitcoin (BTC) volta aos US$ 57 mil

O mercado de criptomoedas, que não para nunca, sentiu o alívio ainda no final do sábado (27) e segue em alta hoje

Radiocash

“Esses 4 milhões de pessoas na Bolsa vieram para ficar”, diz Gustavo Cerbasi

Com 16 livros publicados e 1,5 milhão de seguidores no Instagram, o ex-professor universitário encara com cautela a fama, e rejeita alguns rótulos

Ao acionista com carinho

Ação da Petrobras (PETR4) pode render 100% só em dividendos nos próximos cinco anos

Relação ‘risco-recompensa’ é como comparar um formigueiro ao Everest, avalia o UBS

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: Preocupe-se menos com a volatilidade e mais com os fundamentos em si

O que preocupa mesmo é uma eventual perda permanente do capital, e não propriamente se tal ação ou título vai subir ou cair hoje