Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-16T13:51:23-03:00
Estadão Conteúdo
cenários da crise

Dívida global atingiu 331% do PIB no primeiro trimestre

Nos mercados desenvolvidos, a dívida atingiu 392% do PIB (de 380% em 2019) no primeiro trimestre

16 de julho de 2020
13:50 - atualizado às 13:51
crise recessão mundo
Imagem: Shutterstock

O Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) afirma que a dívida global atingiu o equivalente a 331% do Produto Interno Bruto (PIB) global, ou o equivalente a US$ 258 trilhões, no primeiro trimestre deste ano, mais de 10 pontos porcentuais acima dos níveis anteriores à pandemia. No quarto trimestre de 2019, a dívida global equivalia a 320% do PIB do mundo, segundo o monitor da instituição.

Nos mercados desenvolvidos, a dívida atingiu 392% do PIB (de 380% em 2019) no primeiro trimestre. Canadá, França e Noruega tiveram os maiores aumentos. Já entre os emergentes, a dívida superou 230% do PIB no primeiro trimestre deste ano, de 220% em 2019, em grande medida puxada por corporações de fora do setor financeiro na China, de acordo com o IIF.

O levantamento mostra que o valor em dólar da dívida dos emergentes caiu um pouco - em US$ 700 bilhões, para US$ 72,5 trilhões -, diante da depreciação das moedas emergentes frente à americana.

O relatório aponta ainda, ao falar sobre o quadro global, que os governos representaram mais de 60% da emissão bruta no segundo trimestre. "Embora os níveis crescentes de dívida levantem preocupações sobre a dinâmica da dívida e a confiabilidade do crédito, mais de 92% da dívida dos governos ainda tem grau de investimento", diz.

Outro fator notado é que o setor corporativo foi responsável por mais de 65% do aumento na relação entre dívida global e PIB no primeiro trimestre de 2020.

Em uma tabela, o IIF lista vários países e suas dívidas por categorias. No caso do Brasil, a dívida como porcentagem do PIB das famílias subiu de 29,0% no primeiro trimestre de 2019 para 30,2% no primeiro trimestre de 2020; a das corporações não financeiras passou de 41,6% a 43,5%, na mesma comparação; a do governo foi de 86,3% a 91,9%; e a do setor financeiro passou de 40,8% a 51,6%.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

IPO adiado

Bluefit: nem desconto de 20% garante estreia da rede de academias na bolsa

Inicialmente estimado em R$ 600 milhões, IPO da rede de academias de baixo custo agora deverá ter o valor reduzido e envolver apenas investidores institucionais, como fundos e fundações

Tensão EUA-China

Executiva da Huawei detida no Canadá em 2018 volta à China após acordo com os EUA

Confinada à cidade de Vancouver há quase três anos, onde havia sido presa sob acusação de fraude, CFO da Huawei, Meng Wangzhou, protagonizou incidente diplomático entre Canadá, EUA e China

o melhor do seu dinheiro

Mercados na semana: O destino da Evergrande, uma análise da Vale e seis ações indicadas por analistas

A semana que termina nos mercados foi marcada pela incerteza quanto ao futuro da incorporadora chinesa Evergrande e seus desdobramentos sobre a economia global. A crise na empresa, que tem um passivo oscilando à beira da insolvência, é consequência do aperto monetário e regulatório sobre o setor promovido pelo governo chinês desde o final do […]

Estimativas

Carrefour (CRFB3) divulga projeção para Atacadão e estima R$ 100 bi em vendas em 2024

A projeção de vendas brutas da rede no exercício social que se encerrará em 31 de dezembro de 2021 é de R$ 60 bilhões

PODCAST MESA PRA QUATRO

Da Conga até o Tik Tok: Gretchen conta de sua carreira artística e como administra seu dinheiro

Aos 60 anos, Gretchen relata sobre sua independência financeira e histórias de família e de carreira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies