Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-25T12:21:58-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
CRIPTOMOEDAS

Buffett volta a dizer que “criptomoedas não têm valor e que nunca terá uma”

Apesar de não gostar muito das moedas digitais, o bitcoin não vem fazendo feio. Nos últimos 12 meses, a criptomoeda acumula valorização de 191,50%

25 de fevereiro de 2020
12:21
O megainvestidor Warren Buffett
O megainvestidor Warren Buffett - Imagem: Shutterstock

Em entrevista ao canal americano CNBC ontem (24), o megainvestidor de Wall Street, Warren Buffett, voltou a se mostrar bastante cético com as criptoativos. Ao ser questionado sobre os criptomoedas, ele respondeu que "elas não têm valor e que ele não possui e que nunca terá uma".

Não é a primeira vez que o bilionário americano é relutante com as moedas digitais. Em 2018, ele disse que o bitcoin era "provavelmente um veneno de rato ao quadrado". A ideia era dizer que quem compra esse tipo de ativo tem êxito apenas se encontrar outras pessoas que estejam dispostas a pagar mais caro por ele.

Bitcoin em alta

Apesar de não gostar muito das moedas digitais, o bitcoin não vem fazendo feio. Nos últimos 12 meses, a criptomoeda acumula valorização de 191,50%. Apenas em 2020, ela apresenta expansão de mais de 45%.

Entre os motivos para a alta estão o halving, ou melhor uma espécie de "esquenta" dele, já que a expectativa é que o fenômeno ocorra em maio deste ano.

Na prática, ele é um evento que reduz pela metade a recompensa pela mineração do bitcoin, o que deve diminuir a emissão de moeda ao longo dos anos. O halving, portanto, é um fenômeno que segura a oferta de bitcoin, algo que tende a pressionar os preços para cima.

Outro fator que também ajudou o bitcoin no ano passado foi a intensificação da guerra comercial. Mesmo com pouco histórico, os especialistas argumentam que pelo fato de a criptomoeda não possuir correlação com nenhum ativo tradicional, muitos investidores acabam procurando-a em busca de proteção durante momentos de maior incerteza.

E a expectativa para a criptomoeda continua positiva para este ano, diante de eventos como o halving e até mesmo da rápida disseminação do coronavírus em países fora da China.

Mas os especialistas alertam: 2020 deve ser um bom ano para as criptomoedas, porém com forte volatilidade.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Logística portuária

Alaska aceita proposta para vender da Log-In (LOGN3) para MSC; ação sobe mais 7% hoje

A gestora é a principal acionista da companhia, com uma participação de 45% do capital da Log-In; cota do fundo subiu ontem apesar da queda do Ibovespa

Gestão de ativos

Alívio nos ares: Gol (GOLL4) refinancia R$ 1,2 bi em dívidas de curto prazo

Com isso, o endividamento de curto prazo da companhia aérea ficará ao redor de R$ 500 milhões — o que representa o menor nível desde 2014

Exile on Wall Street

Entre renda e multiplicação de capital, você pode ficar com os dois — Veja como

Você se lembra da sua primeira conta poupança? A minha e a do meu irmão foram abertas por volta dos meus 11 anos, quando nossos pais nos levaram ao banco para depositar o dinheirinho acumulado de nossas três fontes de renda — as moedas de casa, o troco dos lanches da escola e as generosas […]

Não é 'block' mas é 'chain'

Aceita bitcoin: Tráfico de drogas no Rio de Janeiro aceitava criptomoedas por WhatsApp; envolvidos são presos

O grupo coordenava o envio, estoque, compra e venda por meio de um grupo “oficial” no aplicativo de mensagens

MERCADOS HOJE

Aumento do IOF pega mal e Ibovespa recua mais de 1%; dólar sobe a R$ 5,32

Depois de meses de especulação e preocupação, a saída encontrada pelo governo federal para financiar o novo Bolsa Família, rebatizado de Auxílio Brasil, não agradou o mercado e o Ibovespa começa refletindo esse mau humor.  Ontem, o presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que eleva o Imposto sobre Operações Financeiras até dezembro, o que deve […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies