Menu
2020-05-14T14:44:23-03:00
Estadão Conteúdo
ECONOMIA

Azevêdo confirma que deixará cargo de diretor-geral da OMC em 31 de agosto

“Essa é uma decisão pessoal – uma decisão familiar – e estou convencido de que ela serve os melhores interesses desta Organização”.

14 de maio de 2020
14:44
1111799-fcpzzb_abr_031220188829_1
Brasília - O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, fala à imprensa após reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto ( - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, confirmou, em reunião virtual com membros da entidade, que deixará o cargo em 31 de agosto de 2020, um ano antes do previsto. O brasileiro disse que a decisão visa dar mais tempo para que o órgão escolha seu sucessor, sem que o processo dispute atenção com os preparativos para a 12º Reunião Ministerial (MC12, na sigla em inglês), que acontecerá em 2021.

"Essa é uma decisão pessoal - uma decisão familiar - e estou convencido de que ela serve os melhores interesses desta Organização", afirmou ele, esclarecendo que não tem nenhum problema de saúde nem pretende obter ganhos políticos com isso.

Pelas regras da instituição, a escolha do novo diretor-geral começaria em dezembro e provavelmente dominaria o primeiro trimestre de 2021, de acordo com Azevêdo. "Esse calendário prejudicaria claramente o trabalho preparatório para o MC12, independentemente de ser realizado no verão do Hemisfério Norte ou no final do ano", destacou.

O diretor-geral defendeu que o órgão continue a trabalhar nas reformas, em meio à paralisia provocada por críticas de vários países, sobretudo os Estados Unidos. "Sabemos que a OMC não pode ficar paralisada enquanto o mundo a sua volta muda profundamente. Garantir que a OMC continue a responder às necessidades e prioridades dos membros é um imperativo, não uma opção", salientou.

O líder da OMC também ressaltou que a reunião do Conselho Geral, marcada para a sexta-feira, não será sobre sua renúncia.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Musk em crise?

Ações da Tesla despencam após escassez global de chips e fechamento de fábrica

A equipe de linha de produção do Modelo 3 foi informada de que sua linha ficaria inativa do dia 22 de fevereiro a 7 de março.

PEGOU MAL

Balanço do quarto trimestre da Ultrapar não agrada e ações caem 8%

Embora o lucro tenha vindo acima da expectativa do mercado, a margem do Ebitda foi pressionada por um desempenho mais fraco de uma das principais subsidiárias da companhia, o Ipiranga.

Multimercados

Fundo Kinea Atlas reabre para captação; saiba onde investir

Criado em janeiro de 2017, o Atlas é um dos fundos multimercados de melhor desempenho da categoria, com um retorno de acumulado de 57,02%, contra 27,69% do CDI no mesmo período

estimativas

Governo espera R$ 25 bilhões com venda da Eletrobras

Valor é maior que inicialmente esperado porque MP inclui renovação antecipada da hidrelétrica de Tucuruí

Imposto de renda 2021

Receita Federal altera regras para declaração de Imposto de Renda de Bitcoin e criptoativos

A Receita criou uma categoria separada para esse tipo de investimento, que devem ser declarados nos campos próprios

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies