Menu
2020-01-29T18:52:34-03:00
OLHO NA INFRAESTRUTURA

“Atingiremos maior número de arrendamentos portuários da história em 2020”, diz ministro da infraestrutura

Entre eles, está o terminal portuário de Alemoa (SP), administrado hoje pela Transpetro, que será o maior leilão do setor, com estimativa de investimentos na casa de R$ 1 bilhão

29 de janeiro de 2020
18:52
12/04/2019  Inauguração do Novo Terminal de Passageiros do Aer
Ministro de Estado da Infraestrutura, Tarcisio Freitas. - Imagem: Alan Santos/PR

O ministro da infraestrutura, Tarcísio de Freitas, apontou o compromisso do governo de alcançar o maior número de leilões de arrendamentos portuários da história em 2020. "Ano passado foram 13, a maior quantidade de arrendamentos da história. Nesse ano teremos mais, vão ser 15", afirmou.

Entre eles, está o terminal portuário de Alemoa (SP), administrado hoje pela Transpetro, que será o maior leilão do setor, com estimativa de investimentos na casa de R$ 1 bilhão. Conforme o ministro, os estudos finais para o leilão devem ser divulgados já na próxima semana, ao passo que se iniciam as consultas públicas para debater o modelo.

O ministro participou nesta quarta-feira, 29, da cerimônia de assinatura do contrato de concessão do terminal STS20, no Porto de Santos, com o consórcio Hidrovias do Brasil S/A. O leilão do terminal aconteceu em agosto do ano passado e rendeu ao governo R$ 112,5 milhões em outorgas.

"Foi um leilão disputado e leilão disputado significa confiança", disse o ministro, que elogiou o presidente Jair Bolsonaro por ter confiado o ministério na "mão de técnicos".

O ministro saiu em defesa dos números econômicos do governo e diminuiu o efeito de projeções recentes de que a economia vai crescer apenas 1,1% nesse ano. "Investidor olha o Brasil hoje como Porto Seguro. Se a gente vai crescer 1,1% mesmo com o motor reverso do setor público, isso significa que estamos iniciando um ciclo de crescimento no setor privado. O Brasil não vai dar voo de galinha", disse.

Contrato

Durante os 25 anos do contrato, a Hidrovias do Brasil S/A. vai operar uma área de mais de 29 mil metros quadrados e três armazéns, destinada à movimentação de fertilizantes e sal. A empresa já possui atividade logística de transporte de grãos e fertilizantes no Norte do Brasil e hidroviário nos Rios Uruguai, Paraguai e Paraná.

A capacidade de armazenagem anual do terminal é de 1 milhão de toneladas para sal e de 2,6 milhões de toneladas para fertilizantes. Hoje, o terminal movimenta cerca de 50% do sal que chega e sai do Porto de Santos.

De acordo com o presidente da Santos Port Authority (SPA), antiga Codesp, Casemiro Tércio Carvalho, o projeto do terminal passa pela estratégia de ocupação do Porto com mais eficiência. "Trazer o mercado de capitais, de fundos de infraestrutura, para o mercado portuário é sinal de maturação do setor portuário no Brasil", disse.

De acordo com Carvalho, atualmente, são mais de 5 milhões de toneladas de fertilizantes que estão indo para Paranaguá por falta de capacidade no porto de Santos. "Queremos recuperar isso", afirmou.

Entre os investimentos previstos no terminal estão obras de demolição e de construção de armazéns, reforço do cais público, dragagem de aprofundamento, derrocamento do berço de atracação, aquisição de equipamentos para descarregamento de navios e para transporte de fertilizantes, além da instalação de balanças rodoviárias. Serão R$ 219,25 milhões investidos em melhorias.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ENERGIA

País tem ‘folga’ de energia pelo menos até 2024

“Temos uma folga estrutural, pois tivemos um aumento de capacidade instalada sem a contrapartida de aumento de consumo”, diz Cristopher Vlavianos

ESTÍMULO PARA AS EMPRESAS

China anuncia medidas para ampliar crédito a empresas atingidas pelo coronavírus

Em reunião presidida pelo primeiro-ministro Li Keqiang, o conselho disse que aumentará em 500 bilhões de yuans (US$ 71,2 bilhões) a cota de refinanciamento para empréstimos de bancos a pequenas empresas e fazendeiros

EM BUSCA DE PROTEÇÃO

Temor global com coronavírus faz ouro alcançar maior cotação desde 2013

Apenas neste ano, o ETF acumula alta de 8,25%. A razão para a valorização é uma só: ele é considerado porto seguro de quem investe quando o cenário externo parece mais incerto

JUROS

Crescem apostas do mercado de que FED pode cortar juros nas próximas reuniões

Dados do CME Group mostram que os investidores enxergam 18,8% de chance de um novo corte de juros de 0,25 ponto porcentual na reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) de março

CRIPTOMOEDAS

Buffett volta a dizer que “criptomoedas não têm valor e que nunca terá uma”

Apesar de não gostar muito das moedas digitais, o bitcoin não vem fazendo feio. Nos últimos 12 meses, a criptomoeda acumula valorização de 191,50%

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

No radar: Mercados com os nervos à flor da pele

Olá! Os mercados brasileiros continuam fechados nesta terça-feira (25), por causa do Carnaval. O timing dessa parada foi oportuno, já que, lá fora, o clima é de enorme tensão entre os investidores. O aumento súbito nos casos de coronavírus fora da China fez as bolsas globais despencarem na segunda-feira (24). E, hoje, a situação não […]

DE OLHO NA TECNOLOGIA

BC quer criação de fundo para projetos de tecnologia

Os recursos virão de valores pagos pelos bancos ao BC, para uso de sistemas tecnológicos

AS DICAS DO GURU

Coronavírus é ‘assustador’, mas não é hora de vender ações, para Warren Buffett

“Compramos ações para ficar por 20, 30 anos e achamos que o cenário para 20, 30 anos não mudou pelo coronavírus.”

AÇÕES

ADRs do Brasil fecham em forte queda em NY; Vale cai 7,5% e Petrobras recua 6,7%

Os grandes bancos também amargaram perdas importantes em Nova York, embora menores que Petrobras e Vale

OLHO NO VÍRUS

Brasil amplia lista de países para definir suspeitos de coronavírus

Com a nova atualização, a lista agora inclui, além da Itália, Alemanha, França, Austrália, Filipinas, Malásia, Irã e Emirados Árabes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements