Menu
2020-03-06T17:30:10-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
CAPTAÇÕES

Apesar de coronavírus, fundos de ações captam valor líquido recorde para fevereiro de R$ 12,8 bilhões

Pelo quinto mês consecutivo, a classe ações obteve o melhor resultado no mês. Na ocasião, o Ibovespa teve queda de 8,43% em fevereiro

6 de março de 2020
17:22 - atualizado às 17:30
dinheiro impostos real
Imagem: Shutterstock

Mesmo diante de um cenário complicado e incerto por conta da rápida propagação do coronavírus pelo mundo, as captações líquidas dos fundos de ações bateram recorde em fevereiro e fecharam em R$ 12,8 bilhões, segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

Pelo quinto mês consecutivo, a classe ações obteve o melhor resultado no mês. Na ocasião, nem mesmo o recuo de 8,43% do Ibovespa em fevereiro, que teve o pior mês desde maio de 2018 foi capaz de afastar os investidores dos fundos de ações.

De acordo com os dados da Anbima, a classe de fundos de ações acumula entrada líquida de R$ 36,3 bilhões até fevereiro, o que representa uma alta de 153% em relação ao mesmo período de 2019.

Mesmo com a alta das captações, os fundos não passaram ilesos pela piora no cenário mundial. A queda na bolsa brasileira teve impacto na rentabilidade dos fundos de ações.

O tipo ações livres - em que não há compromisso de concentração em uma estratégia específica - , por exemplo, fechou o mês com retorno negativo de 6,9%. No ano, a queda desses tipos de fundos foi menos acentuada e ficou em 5,6%.

O levantamento feito pela Anbima não fez um recorte do impacto que os fundos de investimento tiveram após a volta do carnaval. Na ressaca das festas, as bolsas globais foram extremamente impactadas pelo aumento de casos confirmados na Itália, Irã e Coreia do Sul.

Na ocasião, os principais índices do mundo caíram mais de 3%¨na semana e o índice do medo dos investidores (VIX) chegou a disparar mais de 46% em um dos pregões.

Multimercados

Além dos fundos de ações, outra classe que viu o número de captações líquidas subir no último mês foi a dos fundos multimercados.

Segundo a Anbima, a classe multimercados fechou o mês com captação líquida de R$ 7,9 bilhões. No ano, a classe registra entrada líquida de R$ 18,4 bilhões, o que representa o segundo melhor resultado da indústria, com alta de 59% em relação ao mesmo período do ano passado.

Mas assim como os fundos de ações, os multimercados também sofreram com as incertezas no cenário global. No acumulado de fevereiro, apenas os multimercado trading e investimento no exterior (que investe mais de 40% do patrimônio líquido em ativos do exterior) terminaram o mês com leve ganho de 0,17% e 0,21%, respectivamente.

Ao juntar as duas classes, as captações líquidas de fundos de ações e de multimercados fecharam o mês em R$ 20,8 bilhões. No ano, ambas acumulam juntas uma entrada líquida de R$ 54,8 bilhões, o que representa uma alta de 111% em relação ao mesmo período do ano passado.

Na contramão...

Seguindo na direção oposta, os fundos de renda fixa tiveram resgates líquidos de R$ 2,3 bilhões no mês de fevereiro. Já no acumulado do ano, os resgates líquidos chegaram a ser de R$ 21,7 bilhões.

Apesar das retiradas, todos os tipos de fundos de renda fixa apresentaram retorno médio positivo no último mês. Os maiores destaques ficaram para os fundos do tipo investimento no exterior, com alta de 0,6% no mês e de 2,8% no acumulado do ano.

A Anbima informou ainda que o total de ingressos líquidos de toda a indústria de fundos superou em 81,8% o valor do ano passado e fechou em R$ 30,1 bilhões. Mas que o resultado foi impactado pelos resgates nos fundos de renda fixa.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Enfim uma oportunidade

Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, faz primeira aquisição desde a explosão do coronavírus

Empresa adquire ativos de gás de companhia de energia americana por US$ 4 bilhões, além de assumir parte da sua dívida; desde o colapso dos mercados em março, a Berkshire apenas vendeu ativos, e vinha montada em caixa, no aguardo de boas oportunidades de compra

Um dos bilionários mais velhos

Aos 99 anos, Aloysio de Andrade Faria, o ‘banqueiro invisível’ ainda dá as cartas

Criador do Banco Real, Aloysio de Andrade Faria continua à frente de um império que inclui o banco Alfa e mais uma dezena de empresas.

Entrevista

O agronegócio não precisa das terras da Amazônia para se expandir, diz ministra da Agricultura

Em entrevista ao Estadão, Tereza Cristina diz ser “defensora intransigente de zerar o desmatamento ilegal”; sob escrutínio internacional, agronegócio corre risco de perder investimentos por questões ambientais

Nas redes sociais

Renato Feder recusa convite para ser novo ministro da Educação

Segundo o Estadão, Bolsonaro foi pressionado pela ala ideológica do governo e por militares para não colocar Feder no comando do MEC

Novo candidato?

Rapper Kanye West diz que vai concorrer à presidência dos EUA – e já tem o apoio de Elon Musk

Conhecido apoiador do presidente Donald Trump, o rapper tuitou que concorreria à presidência, e Musk respondeu

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements