Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-05-21T14:15:30-03:00
Estadão Conteúdo
efeito coronavírus

América Latina tem maior nível de rebaixamentos desde 2013, diz Fitch

Entre 12 de março e 12 de maio, houve 35 rebaixamentos de ratings no continente

21 de maio de 2020
14:15
recessão pib brasil
Imagem: Shutterstock

A pandemia do coronavírus provocou o maior ritmo de rebaixamento de ratings de empresas na América Latina desde 2013, de acordo com a agência de classificação de risco Fitch Ratings. Os analistas preveem que mais cortes de notas estão a caminho.

Entre 12 de março e 12 de maio, houve 35 rebaixamentos de ratings na América Latina.

Em janeiro de 2020, antes dos casos de coronavírus começarem a se espalhar pela região, eram 78% de empresas não financeiras com perspectiva estável do rating, 15% com negativa e 7% com positiva.

Em 12 de maio, o quadro era diferente e o porcentual de companhias com perspectiva estável caiu para 60%, o de negativa subiu para 36% e o de positiva recuou para 4%. A perspectiva indica a tendência mais provável para a nota.

A Fitch destaca que parte importante dos rebaixamentos em empresas ocorreu porque o rating soberano foi rebaixado ou teve a perspectiva reduzida. Foi o caso do Brasil, que teve a perspectiva da nota mudada para negativa no começo do mês.

As paralisações e quarentenas na região estão resultando em perda de receitas para empresas, redução de liquidez e interrupções em operações e cadeias produtivas.

Os setores com maior risco de rebaixamento são aqueles mais expostos aos efeitos das quarentenas: companhias aéreas, petróleo e gás, açúcar e etanol e segmentos ligados ao lazer. Estes setores tiveram a maioria dos rebaixamentos nas últimas semanas.

No Brasil, entre as empresas que tiveram rating rebaixado pela Fitch estão as companhias aéreas Gol e Azul, a Andrade Gutierrez Engenharia e a JSL, do setor de logística e transporte.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

PROVENTO EM DÓLAR

Aura Minerals (AURA33) anuncia dividendos e programa de recompra de BDRs — veja o que muda para os acionistas

O pagamento chegará bem a tempo para o Natal dos investidores nacionais, mas para ter direito é preciso possuir os ativos em 9 de dezembro

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa perto de perder os 100 mil pontos, Petrobras na mira de Paulo Guedes e outros destaques do dia

A dinâmica dos mercados globais nos últimos dias lembra muito os primeiros momentos de incerteza que marcaram o início da pandemia do coronavírus, no início de 2020. A covid-19 não é mais uma doença desconhecida e as vacinas já estão disponíveis no mercado, mas a desigualdade na distribuição de imunizantes e a recusa de muitos […]

FECHAMENTO DO DIA

Racha no Senado e chegada de ômicron aos Estados Unidos levam o Ibovespa a renovar as mínimas do ano (mais uma vez); dólar sobe

Embora o dia tenha começado positivo para o Ibovespa e as demais bolsas globais, a variante ômicron e a dificuldade de aprovar a PEC dos precatórios azedaram os negócios

CRYPTO NEWS

Aprenda com o bitcoin: não perca o timing com a próxima promessa cripto

O mercado de criptomoedas tem colocado alguns sorrisos nos rostos de quem vem investindo nessa classe de ativos

RECEITAS EM ALTA

Acredite se quiser! Governo pode ter primeiro superávit primário desde 2013 ainda neste ano

A notícia surpreende num momento em que um dos maiores temores do mercado financeiro é justamente o descontrole das contas públicas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies