Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
2020-12-29T20:01:12-03:00
seu dinheiro na sua noite

Habemus estímulos

28 de dezembro de 2020
20:03 - atualizado às 20:01
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Depois de todo o tumulto provocado pelo novo coronavírus neste ano, tudo caminha para que os mercados acionários fechem 2020 no positivo.

A última peça que faltava para isso foi colocada ontem, quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sancionou o pacote fiscal de US$ 900 bilhões para socorrer a maior economia do mundo e injetar ainda mais liquidez no mercado.

Da mesma maneira que os católicos esperam ansiosamente a fumaça branca que sai do Vaticano quando um novo papa é escolhido, os investidores aguardavam a aprovação de uma nova rodada de estímulos. O país ainda sofre com uma segunda onda de contaminações, e a falta de ajuda poderia derrubar a economia local e, consequentemente, a mundial. 

A aprovação dos estímulos foi uma novela com diversos capítulos e reviravoltas, digna de um folhetim latino-americano. Trump chegou a vetar inicialmente o projeto, afirmando que o valor a ser distribuído por americano era muito baixo. Mas, no fim, acabou aceitando (ou engolindo) o pacote negociado entre republicanos e democratas. 

Com isto, o Ibovespa fechou o pregão de hoje com alta de 1,12%, aos 119.123 pontos, a 500 pontos da máxima histórica. O dólar, por sua vez, chegou a superar os R$ 5,30, mas perdeu força ao longo do dia. 

O Felipe Saturnino conta mais sobre os efeitos da aprovação dos estímulos nos negócios desta segunda-feira e outros motivos para a alta da B3.

EMPRESAS

 Apostando em aquisições para expandir suas operações, a Gafisa vai pagar R$ 310 milhões à incorporadora Even pelo Hotel Fasano Itaim, em São Paulo.

 A Ser Educacional decidiu seguir adiante com a compra de alguns ativos da americana Laureate no Brasil, como as mantenedoras da Faculdade Internacional da Paraíba (FPB) e do Centro Universitário dos Guararapes (UniFG). A transação terá o valor total de R$ 180 milhões.

 As ações do Alibaba fecharam com queda de 7,98% em Hong Kong após o banco central da China ordenar que a fintech da empresa, o Ant Group, revise suas atividades. Trata-se da mais recente medida adotada pelo governo chinês contra o império do bilionário Jack Ma. Entenda o que provocou esta situação

 Se você achou que 2020 foi o ano dos IPOs, prepare-se: na fila para abertura de capital em 2021 há quase 50 companhias com documentação entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

ECONOMIA

 O Natal trouxe boas notícias para o varejo. Levantamento da consultoria EbitNielsen mostra que as vendas pela internet cresceram 44,6% no Natal de 2020 em relação à mesma data de 2019. 

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

FII DO MÊS

Os melhores fundos imobiliários para investir em maio, segundo 10 corretoras

O fundo preferido das corretoras no mês está exposto ao segmento de supermercados, hipermercados e atacarejos e engatou duas vitórias consecutivas em nosso ranking

O melhor do Seu Dinheiro

A Pedra Filosofal do mercado financeiro e mais destaques da noite

O minério de ferro converteu-se na pedra filosofal dos mercados: tudo o que toca, vira ouro — como as ações da Vale e das siderúrgicas

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mercado Financeiro e a Pedra Filosofal

De certa maneira, o mercado financeiro está cheio de alquimistas: tentam transformar dinheiro em mais dinheiro. Ações, câmbio, títulos de renda fixa, fundos imobiliários — no fim, o objetivo dos investidores é multiplicar o patrimônio. O problema é que não há fórmula mágica. Nem sempre as poções funcionam; na verdade, é relativamente comum que o […]

FECHAMENTO

Commodities dão força extra e bolsa fecha o dia em alta firme enquanto NY fica no vermelho

Com o exterior negativo, restou ao setor de commodities e energia salvar o Ibovespa da cautela. O dólar à vista aproveitou e teve um dia de leve queda

Oferta de ações

Softbank deve participar do IPO da Dotz, dizem fontes

Mesmo com a participação do fundo japonês e da presença de dois investidores-âncora, a demanda pelas ações da Dotz no IPO ainda está apertada, segundo fontes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies