Menu
2020-05-07T12:50:07-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Gestora pessimista

Vendida em bolsa, Persevera vê risco de Ibovespa cair abaixo de 60 mil pontos

Na análise da gestora, a tese que sustenta a recuperação dos mercados de ações nas últimas semanas mundo afora não é válida na mesma medida para o Brasil

7 de maio de 2020
12:32 - atualizado às 12:50
Fundo do poço
Imagem: Shutterstock

No ponto crítico do choque do coronavírus nos mercados, o Ibovespa atingiu os 63.569 pontos no fechamento do dia 23 de março. Mas a gestora de fundos Persevera acredita que esse pode não ter sido o fundo do poço.

Diante dos efeitos da crise de saúde na economia, o principal índice da bolsa pode não só voltar às mínimas como até cair abaixo dos 60 mil pontos nos próximos meses, segundo a gestora.

Formada por ex-executivos do Bradesco e HSBC e com R$ 350 milhões sob gestão, a Persevera possui hoje uma posição vendida no mercado de ações brasileiro.

A gestora mantém a visão positiva para a bolsa para o longo prazo e avalia que as quedas de preços observadas desde o início da crise se mostrarão uma oportunidade.

“Temos, porém, uma visão negativa para a bolsa brasileira num horizonte mais curto, de até 6 meses”, escreveu, em carta aos investidores.

Por que vender?

Na análise da gestora, a tese que sustenta a recuperação dos mercados de ações nas últimas semanas mundo afora não é válida na mesma medida para o Brasil. “Temos a visão de que a situação no Brasil é diferente e as perspectivas bem piores.”

Isso porque a pandemia do coronavírus atingiu o Brasil em uma situação muito mais frágil, segundo a Persevera. Logo no começo da crise, a gestora defendeu que o Banco Central fizesse um corte radical de juros para zero.

Para a gestora, a hesitação do BC em agir também contribuirá para que o auge da recessão seja mais profundo e a recuperação, mais lenta.

Não faça o que eu faço

Embora esteja vendida em bolsa, a Persevera não recomenda que o investidor individual faça o mesmo e nem mesmo faça uma redução agressiva das posições em ações.

“Achamos que ele deve prosseguir com cautela nessa classe de ativos, sempre considerando seus limites psicológicos e consciente da possibilidade de que o mercado pode apresentar perdas muito maiores do que quaisquer modelos de risco baseados em experiência passada podem projetar.”

Para a gestora, o investidor deveria realizar compras de forma gradativa e guardar espaço na carteira para se e quando, em um momento futuro, o mercado testar novas mínimas.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies