Menu
2020-01-17T15:56:30-03:00
Gestora estrelada

SPX espera alta da Selic ainda neste ano e segue comprada em dólar

Para a gestora fundada por Rogério Xavier, que possui R$ 40 bilhões sob gestão, o país saiu da beira do abismo com aprovação da reforma da Previdência e deve crescer 2,5% neste ano

17 de janeiro de 2020
15:29 - atualizado às 15:56
Rogério Xavier, sócio-fundador da SPX Capital
Rogério Xavier, sócio-fundador da SPX Capital - Imagem: Divulgação/Santander

Enquanto parte do mercado financeiro especula sobre a possibilidade de uma nova queda de 0,25 ponto percentual na taxa básica de juros, a SPX Capital, do renomado gestor Rogério Xavier, aposta que o Banco Central não só vai interromper o ciclo de cortes como trabalha como um cenário de alta da Selic ainda neste ano.

Com R$ 40 bilhões em patrimônio, a gestora zerou em dezembro as posições aplicadas na parte curta da curva – ou seja, deixou de apostar na possibilidade de queda dos juros. A SPX também mantém espera que o dólar continue se valorizando em relação ao real.

Na bolsa brasileira, a gestora espera a continuidade do processo de migração de recursos que estão na renda fixa e segue com posições compradas em empresas dos setores de utilities (serviços públicos), bancos e consumo. Em 2019, o fundo SPX Nimitz – o carro-chefe da casa – rendeu 7,7%, contra 6% do CDI.

Tom mais light

Xavier é conhecido pela visão pessimista, principalmente quando fala em público. Mas na carta mensal aos investidores referente a dezembro publicada no site da SPX adotou um tom bem mais "light".

Do lado da economia internacional, o risco de uma recessão tanto nos Estados Unidos como na Europa parece afastado neste ano, segundo a SPX. A grande incógnita é a China, que deve ter dificuldade em manter o crescimento em torno dos 6%. "Vêm de lá minhas principais preocupações para este e para os próximos anos", escreveu o gestor.

Para a SPX, o país saiu da beira do abismo com a aprovação da reforma da Previdência, embora ainda haja muito por fazer. Xavier mantém a visão de que o governo não conseguirá aprovar nenhuma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) em 2020, com exceção da PEC paralela da Previdência nos Estados.

O gestor também acredita que há chances de aprovação do projeto de autonomia do Banco Central e avanços na agenda de privatizações. A projeção da SPX é de um crescimento do PIB em 2,5% neste ano. Parte da aposta na alta do dólar é baseada justamente na expectativa de recuperação da economia.

"A conta corrente do balanço de pagamentos têm se deteriorado e a tendência é de continuidade nesse processo, uma vez que a economia irá se acelerar."

Embora acredite que a inflação se mantenha ao redor do centro da meta em 2020, os índices de preços começarão a surpreender para cima, exigindo que o Banco Central comece a retirar parte do estímulo monetário.

"Portanto, não vejo mais espaço para quedas adicionais, como também trabalho com um cenário de alta no fim do ano."

Vale lembrar, contudo, que desde o fim de dezembro foram divulgados indicadores que apontam para uma recuperação mais lenta da economia brasileira, incluindo as vendas do varejo e a produção industrial.

Leia também:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

inflação de alimentos

Após ouvir cobrança, Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado

Ministra da Agricultura avisou que atual patamar de preços só deve baixar mesmo a partir de 15 de janeiro, quando entrar a safra brasileira.

ranking da forbes

Varejo invade lista de mais ricos do Brasil; saiba mais sobre os bilionários

Luiza Trajano, Ilson Mateus e Luciano Hang chegam entre os 10 mais ricos do país, em um ano marcado por mudanças no setor varejista, alta das ações e IPOs

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

em recuperação judicial

Justiça dos EUA libera empréstimo de US$ 2,4 bi da Latam

Nova proposta retirou cláusula questionada por minoritários

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements