Menu
2020-01-10T20:28:37-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
OLHO NAS AÇÕES

Prévia operacional do Banco Inter anima investidores e ações disparam

Segundo a prévia divulgada ontem, o banco atingiu 4,1 milhões de clientes e sua carteira de crédito avançou para R$ 4,3 bilhões. No total, hoje a plataforma de investimentos possui 425 mil clientes

10 de janeiro de 2020
12:16 - atualizado às 20:28
Cartão do Banco Inter
Cartão do Banco Inter - Imagem: Julia Wiltgen/Seu Dinheiro

Depois de divulgar a sua prévia operacional do quarto trimestre ontem (9), os investidores do Banco Inter amanheceram animados com os números da companhia. As ações ordinárias (BIDI3) fecharam em alta de 8,85%, cotadas em R$ 17,96.

Já as ações preferenciais (BIDI4) valorizaram 3,13%, cotadas em R$ 17,80. As units do banco (BIDI11), por sua vez, tiveram alta de 5,01%, cotadas em R$ 54,30.

Segundo a prévia divulgada ontem, o banco atingiu 4,1 milhões de clientes e sua carteira de crédito avançou para R$ 4,3 bilhões. No total, hoje a plataforma de investimentos possui 425 mil clientes.

Em nota, a instituição disse que “a geração impressionante de empréstimos pode mostrar que a demanda está esquentando. Dependendo dos prazos dos empréstimos originados [não revelado], entendemos que pode haver espaço para um crescimento forte da carteira, já que o banco conta com índices de capitalização robustos, após o follow-on em 2019”.

Sem surpresas

Apesar do maior otimismo dos investidores, os analistas Thiago Kapulskis, Eduardo Rosman e Thomas Peredo, do BTG Pactual, afirmaram que a prévia não mostrou nenhuma surpresa.

Em relatório, eles disseram que o número de clientes do Banco Inter veio apenas 1,5% acima do que estava previsto pelo BTG.

"A velocidade de abertura de contas continua a acelerar, mas está perdendo força enquanto a ativação está diminuindo na margem [...] Por fim, não esperamos muita reação aos números reportados", destacaram os três no documento.

De acordo com os analistas, até junho do ano passado cerca de 10 mil contas eram abertas todos os dias. Já em setembro de 2019 foram 12 mil aberturas e em dezembro foram 13 mil, o que mostra certa diminuição no ritmo.

Já com relação ao engajamento na plataforma, a situação é mais animadora. Os três pontuaram que o número de logins por dia útil chegou aos 2 milhões em dezembro, número que ficou bem acima dos 1,4 milhão registrados em setembro.

Outro ponto que chama a atenção é o super app. No relatório, os analistas destacaram que a ideia de remodelar o aplicativo e transformá-lo em um marketplace vem ajudando a companhia. O Inter conseguiu alcançar R$ 34 milhões em volume de compras dentro do ambiente do super app (TPV ON) no quarto trimestre.

Em entrevista ao Seu Dinheiro em setembro do ano passado, o presidente do banco, João Vitor Menin, disse que o banco poderia ir além.

Na ocasião, Menin destacou que "se o volume de compras dentro do ambiente do super app (TPV ON) chegar até 30% das compras realizadas com os cartões do banco nas lojas físicas (TPV OFF), e a taxa recebida pelas vendas (take rate) ficar em 5%, o potencial de receita ficaria entre R$ 100 milhões e R$ 110 milhões no último trimestre de 2020.

"Se mantivermos tudo em linha, a expectativa é que a gente consiga R$ 500 milhões de receita potencial em 2021, se anualizarmos o valor esperado para cada trimestre", afirmou o presidente em setembro do ano passado.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

coronavírus no país

Covid-19: Brasil tem 1,2 mil novas mortes e 60 mil novos casos

Até o momento, 2.356.640 pessoas se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

A questão de Bolsonaro: ser ou não ser liberal

Ser ou não ser liberal. Eis a questão de Jair Bolsonaro. O presidente foi eleito com uma pauta de defesa das reformas, redução do tamanho do Estado e equilíbrio das contas públicas. O fiador desse discurso foi Paulo Guedes, que assumiu o comando da economia. O receituário foi seguido no primeiro ano de mandato, com […]

de olho nos números

Suzano, JBS, B3, Cyrela, Lojas Americanas, B2W, Hering: os balanços que vão mexer com o mercado nesta sexta

Balanços do segundo trimestre devem guiar os negócios no Ibovespa no último pregão da semana

Balanço

B3 tem lucro 28,9% maior no 2º trimestre e aumenta investimento para dar conta do volume da bolsa

A dona da bolsa brasileira registrou lucro líquido recorrente de R$ 1,012 bilhão e pretende investir até R$ 425 milhões em sistemas e novos produtos para o mercado

confiança com capitalização

Para presidente da Eletrobras, saída de Mattar não prejudica privatização

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, disse nesta quinta-feira, 13, que a saída do secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, não irá prejudicar a capitalização da empresa prevista para o ano que vem, e que confia que após debates com o Congresso Nacional, o processo seja aprovado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements