Menu
2020-01-17T17:12:17-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Alívio

Ibovespa opera em alta firme e retoma os 118 mil pontos; dólar cai a R$ 4,16

A força demonstrada pelo varejo e pela indústria da China em dezembro neutraliza as preocupações com o PIB mais fraco do país. Como resultado, o Ibovespa e as bolsas globais sobem

17 de janeiro de 2020
10:25 - atualizado às 17:12
Selo Mercados AGORA Ibovespa dólar
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A sexta-feria (17) é marcada por uma onda de calmaria nos mercados acionários globais, com as principais bolsas do mundo exibindo um tom positivo. Nesse cenário, o Ibovespa aproveita para se recuperar, dando continuidade aos ganhos de ontem.

Por volta de 17h10, o principal índice da bolsa brasileira avançava 1,24%, aos 118.153,50 pontos, na esteira do bom humor externo: nos Estados Unidos, o Dow Jones (+0,07%), o S&P 500 (+0,16%) e o Nasdaq (+0,02%) sobem e buscam novos recordes.

O mercado doméstico de câmbio também conseguiu respirar aliviado nesta sexta-feira: o dólar à vista fechou em baixa de 0,61%, a R$ 4,1646, afastando-se do patamar de R$ 4,20. A moeda americana, contudo, ainda acumulou ganhos de 1,74% na semana.

O principal fator de influência para as negociações nesta sexta-feira vem da Ásia, com a divulgação de uma série de dados econômicos da China. Num primeiro momento, as informações podem parecer negativas, mas, à segunda vista, os indicadores trazem uma sinalização positiva.

A má notícia é que o PIB chinês cresceu "apenas" 6,1% em 2019, o ritmo mais lento de expansão em quase três décadas. A boa é que a produção industrial do país avançou 6,9% em dezembro, enquanto as vendas no varejo saltaram 8% no mesmo período — números acima do esperado.

Assim, por mais que o PIB tenha decepcionado, a recuperação da indústria e do varejo chinês em dezembro indica que as medidas adotadas por Pequim no fim do ano passado para estimular da economia já começaram a surtir efeito. Desta maneira, há a perspectiva de aquecimento da atividade em 2020 — o que cria um cenário mais otimista para os mercados.

Juros em baixa

As curvas de juros acompanharam o alívio visto no dólar e terminaram em baixa, devolvendo parte dos ganhos de ontem. Veja como ficaram os principais DIs nesta sexta-feira:

  • Janeiro/2021: de 4,45% para 4,42%;
  • Janeiro/2023: de 5,69% para 5,67%;
  • Janeiro/2025: de 6,43% para 6,39%;
  • Janeiro/2027: de 6,82% para 6,75%.

Vale e siderúrgicas comemoram

Os dados animadores da produção industrial na China dão força às ações do setor de mineração e siderurgia, uma vez que o mercado chinês é um dos principais consumidores de minério de ferro e aço do mundo.

Nesse cenário, as ações ON da Vale (VALE3) sobem 2,99%, enquanto os papéis PN da Bradespar (BRAP4) avançam 3,11% — a empresa possui uma fatia relevante na mineradora.

Entre as siderúrgicas, Gerdau PN (GGBR4) tem ganho de 0,94% e Usiminas PNA (USIM5) valoriza 0,83%.

Dia positivo para as blue chips

As blue chips — ações de liquidez elevada e grande representatividade na composição do Ibovespa — sobem em bloco e dão força ao índice nesta sexta-feira. Em destaque, aparecem os papéis do setor bancário, que têm tido um desempenho bastante fraco em 2020.

Itaú Unibanco PN (ITUB4) sobe 0,49%, Bradesco PN (BBDC4) opera em alta de 2,31%, Banco do Brasil ON (BBAS3) avança 1,33% e as units do Santander Brasil (SANB11) valorizam 1,94%.

As ações da Petrobras também sobem, sustentadas pela leve alta do petróleo no exterior. No momento, os papéis PN da estatal (PETR4) avançam 0,81%, enquanto os ONs (PETR3) têm ganho de 1,22%.

Top 5

Confira os papéis de melhor desempenho do Ibovespa no momento:

  • Totvs ON (TOTS3): +3,58%
  • Bradespar PN (BRAP4): +3,13%
  • Vale ON (VALE3): +3,12%
  • Gol PN (GOLL4): +2,92%
  • JBS ON (JBSS3): +2,67%

Veja também as maiores quedas do índice:

  • Cogna ON (COGN3): -3,08%
  • Cia Hering ON (HGTX3): -1,55%
  • Suzano ON (SUZB3): -1,35%
  • Cielo ON (CIEL3): -1,10%
  • Fleury ON (FLRY3): -1,02%
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Mais um capítulo da novela

Reatando laços: Elon Musk diz que Tesla pode voltar a adotar bitcoin e moeda dispara 10%

Depois de uma semana do tweet que pegou o mercado de surpresa com o “fim do namoro”, Musk volta atrás e tenta reconciliação

Nas alturas

Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, fecha parceria com a Ascent

A Ascent conta atualmente com uma base de dados de operadoras aéreas parceiras para serviços dedicados de UAM em toda a Tailândia e nas Filipinas, e está preparada para expandir sua presença na região

Pronta para decolar

Gol conclui aumento de capital e levanta mais R$ 423 milhões

Incluindo a incorporação da Smiles, a companhia aérea emitiu mais de R$ 1 bilhão somente neste mês de junho, e no trimestre, captação chega a R$ 2,7 bilhões

segredos da bolsa

Com “Super Quarta” à frente, semana deve ser marcada por cautela e otimismo dos mercados

A divulgação de outros dados econômicos ao longo da semana deve colocar ainda mais pressão da decisão do Fed e do BC brasileiro

Novo apagão?

Governo federal prepara MP que abre caminho para racionamento de energia

Intenção é criar um comitê de crise que terá o poder de adotar medidas como a redução obrigatória de consumo e acionamento de termoelétricas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies