Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-08T11:52:43-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
mercado de capitais

Clima na bolsa é quente até demais, diz Armínio Fraga

Para o ex-presidente do BC, “um pouco de diversificação e cautela já vale a pena ter em mente”; ele disse que investidor brasileiro vai passar por período de aprendizado

7 de dezembro de 2020
19:28 - atualizado às 11:52
Armínio Fraga
Imagem: HSM Brasil

O ex-presidente do Banco Central e sócio-fundador da Gávea Investimentos, Armínio Fraga, disse que o clima na bolsa é "quente até demais". "Um pouco de diversificação e cautela já vale a pena ter em mente", comentou em evento online promovido pela XP Investimentos nesta segunda-feira (7).

Nas últimas semanas, o mercado financeiro local tem registrado mais um rali, depois de ter recuperado parte das perdas com o baque da pandemia. O Ibovespa já supera o patamar dos 110 mil pontos, diante do otimismo externo com a injeção de liquidez e o avanço das vacinas.

Para Fraga, há uma dissonância entre mercado financeiro e a economia real — nas palavras dele, ainda muito machucada. “Isso parece ser mais um capítulo de uma longa história, de o Brasil se beneficiando da abundância de capital internacional, mas vulnerável à eventual reversão”.

Segundo o economista, a regra do teto de gastos é uma âncora fiscal mínima e que precisa de reforços, com as reformas estruturais, porque a dívida pública promete seguir em alta.

Apesar da cautela, o ex-BC comentou que o mercado de capitais tem mostrado uma pujança "extraordinária". "Houve uma revolução de governança", disse.

Fraga elogiou a tendência ESG — sigla em inglês para as melhores práticas ambientais, sociais e de governança, e que têm ganhado adesão do mercado financeiro nos últimos anos. "Acho que no Brasil a redução da desigualdade é pró-crescimento", comentou.

Espaço preenchido

O economista lembrou que até poucos anos atrás havia mais recursos para as empresas via BNDES e que existia um receio de que a ausência da atuação do banco criaria um buraco nas possibilidades de financiamento. "Mas o mercado financeiro cobriu esse espaço", disse.

"Vejo o mercado de capitais fazendo o que ele tem que fazer: trazendo capital para as empresas e alternativas para os investidores", comentou Fraga. "O investidor brasileiro vai passar por um período de aprendizado".

Para os próximos meses, o sócio-fundador da Gávea Investimentos comentou que vê o agronegócio sendo beneficiado — embora tenha destacado que muitas vezes esse foi justamente um dos principais motores de crescimento do País.

"Mas o Brasil é grande para ter de tudo", disse. Fraga destacou as perspectivas para o setor de saúde — "fantástico" — , "alguma coisa" de educação e infraestrutura — que, segundo dele, "vai ser incrível". "Mas vejo esses setores como de longo prazo, com retornos mais modestos", disse.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Mais uma empreitada

Do espaço para as fazendas: Elon Musk consegue licença para oferecer internet via satélite no Reino Unido

A Starlink, segundo informações do jornal Telegraph, quer chegar a regiões onde a cobertura por fibra e 5G não alcançam, e tem planos mais ambiciosos

Leão faminto

Carga pesada: Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Monitoramento da Associação Comercial de São Paulo mostra que, no ano passado, marca foi atingida somente no dia 28 de setembro

Muita calma nessa hora

Tem Vale Gás? Petrobras diz que não há definição sobre participação em programas sociais

Manifestação vem depois que o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que a estatal tem R$ 3 bilhões em reservas para custear ajuda

Clube do Livro

Batalhas sem arma: Em “Cripto Wars”, Jim Rickards explica guerras cambiais e agora, com criptomoedas

Autor, conhecido também por suas previsões certeiras sobre o bitcoin, fala de como a tecnologia mudou as estratégias financeiras dos países

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies