Menu
2019-04-03T17:52:40-03:00
Estadão Conteúdo
Cúpula prevista para abril

UE e China divulgam 10 ações para fortalecer relações entre as partes

Entre as medidas está a busca por uma “relação econômica mais balanceada e recíproca”, que inclui a reforma da Organização Mundial de Comércio (OMC)

12 de março de 2019
13:13 - atualizado às 17:52
Zona do Euro, União Europeia
Bandeira da União Europeia - Imagem: shutterstock

A Comissão Europeia divulgou documento no qual são detalhadas dez "ações concretas" entre a União Europeia e a China para fortalecer a relação entre as partes. As medidas devem ser alvo de debate e endosso dos governos do bloco na reunião do Conselho Europeu em 21 de março, segundo a nota oficial. Entre as medidas está a busca por uma "relação econômica mais balanceada e recíproca", que inclui a reforma da Organização Mundial de Comércio (OMC), "em particular em subsídios e transferências forçadas de tecnologia, e a conclusão de acordos bilaterais sobre investimento até 2020".

Entre as ações estão ainda o fortalecimento da cooperação bilateral para compartilhar responsabilidades comuns, inclusive no âmbito da Organização das Nações Unidas; o combate a mudanças climáticas, em linha com os objetivos do Acordo de Paris, inclusive com um pedido da UE para que a China atinja seu pico de emissões antes de 2030; um maior envolvimento conjunto em questões de paz e segurança; o trabalho para preservar a estabilidade, o desenvolvimento econômico sustentável e a boa governança em países parceiros; a reciprocidade de oportunidades; e uma abordagem comum na UE para a segurança em redes 5G, entre outras.

A próxima cúpula UE-China está prevista para o início de abril, diz ainda o comunicado.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

FALTA DE PATRIOTISMO?

O Brasil é mesmo o pior país emergente para se investir?

A Bolsa russa cai 15% no ano, a mexicana 29% e a brasileira cai impressionantes 39%, todos em dólares.

Em 2009

Carlos Bolsonaro comprou imóvel por preço 70% abaixo do fixado pela prefeitura

A prática não é ilegal, mas costuma despertar suspeitas – por possibilitar, em tese, pagamentos “por fora”, sem registros oficiais.

Em expansão

E-commerce, mercado financeiro e delivery puxam contratações de executivos

Segundo dados do LinkedIn, houve 1.269 movimentações para cargos executivos entre março e agosto, 80% delas foram para esses setores.

Judiciário

Celso de Mello antecipa saída e acelera sucessão no STF

Com saída, abre-se a primeira vaga para indicação do presidente Jair Bolsonaro.

Mais lidas

MAIS LIDAS: De bolso cheio para brigar contra todos

Na semana em que o Seu Dinheiro completou dois anos no ar, refleti sobre quanta água rolou em tão pouco tempo. Foram muitos acontecimentos relevantes para os mercados, como eleição presidencial, guerra comercial de China e Estados Unidos, aprovação da Reforma da Previdência e a chegada do coronavírus. A Julia Wiltgen levantou o ranking de […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements