Menu
2019-08-23T12:12:35-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Seguros

SulAmérica dispara na bolsa com venda de negócio de seguro de automóveis

Quinta maior seguradora de autos do país com frota de 1,6 milhão de veículos, SulAmérica vai receber cheque de R$ 3 bilhões da alemã Allianz pelas operações

23 de agosto de 2019
11:32 - atualizado às 12:12
Veículos carros trânsito
Imagem: Shutterstock

Em um dia que começou difícil na bolsa diante contra-ataque da China na guerra comercial com os Estados Unidos, os acionistas da SulAmérica estão entre os poucos com um sorriso no rosto. A seguradora vai receber cheque de R$ 3 bilhões e dispara na bolsa com venda da operação de seguros de automóveis e ramos elementares para a alemã Allianz.

Por volta das 11h10, os certificados de ações (units) da SulAmérica (SULA11) eram negociados em forte alta de 7,66%, cotados a R$ 49,63. Leia também nossa cobertura completa de mercados.

A empresa anunciou a negociação com a Allianz no começo de julho, mas na ocasião não havia indicado valores. A operação ainda precisa das aprovações de praxe dos reguladores.

No primeiro semestre, a SulAmérica teve uma receita de R$ 1,5 bilhão com o negócio de seguro de automóveis, o equivalente a 16,4% do total. Já a operação de ramos elementares é bem menor e representa apenas 1% da operação da companhia.

Com uma frota segurada de 1,6 milhão de veículos, a SulAmérica é a quinta maior seguradora de automóveis do país, com uma participação de mercado de 9,4%.

Com a venda da área de automóveis, a seguradora aumenta a concentração nos ramos de saúde e odontológico, que hoje já concentram 76,2% das receitas.

Além da área de seguros, a SulAmérica conta com negócios de previdência, capitalização e investimentos. Em maio deste ano, a empresa anunciou um aporte de R$ 100 milhões na corretora Órama.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Medidas anticrise

Bolsonaro sanciona MP da renda básica emergencial

Nova lei prevê pagamento de R$ 600 a trabalhadores informais

Sem JCP

Localiza adia pagamento de R$ 67 milhões em juros sobre capital próprio para 2021

Adiamento é uma resposta aos impactos do coronavírus nos negócios da companhia

Previsões impactadas

Ultrapar cancela projeções para 2020 em razão do coronavírus

Volatilidade e velocidade de mudança de cenários não permitem, neste momento, que seja estabelecida nova projeção, diz empresa

Seu Dinheiro na sua noite

De volta à bolsa aos 80 anos

Caro leitor, Muitas vezes você já deve ter ouvido que bolsa é investimento de longo prazo. Por esta razão, o investimento em ações tende a ser muito associado com o objetivo de construção de patrimônio, para quem ainda está formando as reservas para a aposentadoria e tem um horizonte de acumulação de uns 20 ou […]

Ministério atualiza dados

Número de casos de coronavírus no Brasil chega a 6.836 e mortes somam 241

Governo atualizou dados sobre avanço da pandemia no país

Efeito coronavírus

Governo adia prazo de entrega da declaração do IR 2020 para 30 de junho

Cerca de 32 milhões de pessoas físicas ganharam mais dois meses para entregarem a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física. O prazo, que acabaria em 30 de abril, foi estendido para 30 de junho, anunciou há pouco o secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto. Segundo o secretário, apesar de a entrega das […]

Crypto News

O dólar pode ser destronado como reserva de valor pelo bitcoin?

O dólar é a pior moeda para reserva mundial, exceto por todas as outras. Nem o bitcoin nem nenhuma cripto está preparada para servir como reserva internacional. E nem precisa

Mau começo

Ibovespa abre o mês com o pé esquerdo e cai 2,81%, acompanhando o pessimismo externo

O Ibovespa passou a sessão desta quarta-feira no campo negativo, mas ao menos conseguiu sustentar o nível dos 70 mil pontos. Ações de empresas ligadas ao setor de viagens — como companhias aéreas e de turismo — voltaram a reportar perdas expressivas hoje

Menos exportações e importações

Balança comercial tem superávit de US$ 4,713 bilhões em março

Com queda nas exportações e nas importações, a balança comercial brasileira registrou saldo positivo de US$ 4,713 bilhões em março. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 1º, pela Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério da Economia

Sobe sem parar

Quebrando recordes: dólar fecha em alta e chega a R$ 5,26, nova máxima nominal de encerramento

O dólar à vista renovou mais uma vez os recordes de fechamento, pressionado pela cautela vista no exterior em relação aos impactos do coronavírus nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements