Menu
2019-03-13T14:50:13-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No caminho da reforma

Presidente do DEM cobra que governo defina articulação política com clareza

Em declarações feitas nesta quarta-feira, o prefeito de Salvador disse que o papel do DEM é ajudar na construção da maioria para a aprovação de reformas

13 de março de 2019
14:50
acm-neto
DEM espera entender melhor qual é o ambiente de construção política de Bolsonaro - Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, afirmou que falta ainda ao governo Bolsonaro definir com clareza sua articulação política para construir maioria no Congresso e garantir a aprovação da reforma da Previdência. "Não acho que o governo perdeu o tempo de organização, mas precisa definir claramente a articulação política que ele quer fazer", avaliou.

Ajudando a construir maioria

O prefeito de Salvador disse ainda que o papel do DEM é ajudar na construção da maioria para a aprovação de reformas, como a da Previdência. O partido que tem três ministros no governo, no entanto, ainda não definiu sua posição política frente ao Executivo. Segundo ACM, foi dado o início da discussão na reunião da executiva nacional desta quarta-feira, 13. "Não vamos participar de nenhum tipo de toma lá da cá, temos compromisso com a agenda do País", disse.

Ele sinalizou que o DEM espera entender melhor qual é o ambiente de construção política de Bolsonaro, para se posicionar. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou que a decisão se o DEM será base ou oposição se dará "em tempo oportuno". Em relação a expulsão de Elcio Queiroz, ACM disse que o suspeito do caso Marielle foi expulso sumariamente por ele na terça-feira, 12, e que houve um referendo entre os membros. "Eu nem sabia da filiação dele", afirmou.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Dois meses de adiamento

Congresso cancela análise de vetos de Bolsonaro

Cancelamento prorroga a análise dos vetos às propostas de desoneração da folha salarial para 2021 e do novo marco legal do saneamento básico, entre outros itens polêmicos

Alinhamento político

Guedes dá um tempo na agenda liberal e defende Renda Cidadã

Percepção de que Guedes cedeu à agenda populista para sobreviver e se manter no cargo, até mesmo em eventual segundo mandato, não é apenas de políticos, mas também do mercado financeiro

Dia de estreia

Boa Vista estreia na bolsa com o pé direito e ações sobem mais de 13%

O birô de crédito concluiu a sua oferta precificando as ações no centro da faixa indicativa que ia de R$ 10,80 a R$ 13,60, a R$ 12,20.

Esperança renovada

Após novidades sobre vacina, ações da Moderna sobem 4% em NY

Por volta da 11h40, as ações da Moderna subiam cerca de 4%, a US$ 72,73. No ano, os papéis da companhia já acumulam uma alta de 273%

CULPA DO CORONAVÍRUS

PIB dos EUA sofre contração de 31,4% no 2º trimestre

Analistas ouvidos pelo jornal “Wall Street Journal” previam recuo um pouco maior, de 31,7%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements