🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Estadão Conteúdo
Apoio oficial ao projeto

Bancada do PSL na Câmara fecha questão em favor da reforma da Previdência

Líder do partido na Câmara, o deputado delegado Waldir (GO), criticou o projeto de reestruturação das carreiras das Forças Armadas e da aposentadoria dos militares encaminhado pelo governo

Previdência Social,Reforma da Previdência

A bancada do PSL na Câmara dos Deputados fechou na manhã desta quinta-feira, 28, questão em favor da reforma da Previdência. Os parlamentares do partido presidente Jair Bolsonaro devem estar entre os primeiros a serem recebidos por equipes do Ministério da Economia para discutir a proposta. A bancada, contudo, deixou em aberta a possibilidade de mandar as alterações no texto.

"Se tiver alguns ajustes, a bancada vai fazer através de destaques. Mas o importante é que fechamos a questão unanimemente", afirmou o presidente do PSL, Luciano Bivar.

Na semana passada, o líder do partido na Câmara, o deputado delegado Waldir (GO), criticou duramente o projeto encaminhado pelo governo que trata da reestruturação das carreiras das Forças Armadas e da aposentadoria dos militares. "O governo nos mandou um abacaxi e não temos como descascá-lo com os dentes. É preciso nos dar a faca", disse em coletiva.

Na manhã desta quinta-feira, Waldir mudou de posição: "Estamos construindo o diálogo. O governo está trazendo o facão para descascar", disse completando: "E vamos comer o abacaxi docinho".

O partido informou ainda que o parlamentar que não votar a favor da Previdência poderá até ser expulso da legenda. Participaram da reunião 32 dos 54 deputados da legenda. O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Felipe Franceschini (PR), não veio.

Os líderes do governo na Câmara e no Congresso, Major Vitor Hugo (GO) e Joice Hasselmann (SP), respectivamente, tiveram brevemente no encontro. Ambos receberam críticas internas nos últimos dias por falta de interlocução com o grupo. Para deputados ouvidos pelo Estado, a conversa com eles serviu para alinhar "alguns pontos" da comunicação interna.

Durante o encontro, parlamentares da legenda também avaliam a informação de que parte da bancada estaria insatisfeita com a liderança do delegado Waldir. Especulado, general Girao (PSL-RN) negou que esteja se candidatando, mas deixou clara a insatisfação. "Não quero ser o líder. Eu quero é ser liderado", afirmou.

Na saída, Bivar e Waldir negaram desentendimentos internos e avaliaram que o assunto não passava de "fofoca".

Fogo Amigo

A decisão oficial do PSL ocorre após o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmar na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado que não foi à CCJ para não levar "tiros nas costas" dos próprios aliados. Após as declarações, Bivar convocou correligionários para oficializar o apoio.

Compartilhe

Esquenta dos Mercados

Aprovação do Orçamento 2021 e dados da inflação dos EUA devem ficar no radar do investidor

26 de março de 2021 - 8:01

Apesar de ser uma boa notícia, o Orçamento veio com quatro meses de atraso e conta com gastos que podem não animar

polêmica

Congresso aprova Orçamento de 2021 com “festa de emendas” e que arrisca teto de gastos

26 de março de 2021 - 6:53

Lei orçamentária prevê mais verbas para emendas parlamentares e militares e corte nas despesas obrigatórias de Previdência Social

E SEGUE A TESOURA

Cortes vão afetar tropa estratégica do Exército

1 de setembro de 2019 - 10:06

O Exército teve 28% de seus gastos discricionários contingenciados pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. A medida foi tomada em razão da estimativa de rombo nas contas do governo deste ano

Previdência em pauta

Vitor Hugo: ‘Vamos tentar acordo para profissional de segurança na reforma’

5 de julho de 2019 - 11:01

Deputado Major Vitor Hugo também afirmou durante a entrevista à rádio CBN que é interessante para o governo, se houver condições políticas, colocar Estados e municípios na reforma da Previdência

mais cortes

Governo corta 44% de verbas das Forças Armadas

8 de maio de 2019 - 10:06

Com crise deflagrada entre militares e “olavistas” no governo, o alto comando das Forças Armadas recebeu o comunicado de maior contingenciamento nesta terça-feira

farpas no governo

Bolsonaro exalta Olavo, elogia militares e diz esperar pelo fim das rusgas

7 de maio de 2019 - 11:26

Bolsonaro afirma que a obra de Olavo de Carvalho foi determinante para sua eleição presidencial em 2018 e reconhece o trabalho do escritor contra a esquerda

Tá bem na fita

Forças armadas é a instituição mais confiável para os brasileiros, diz Datafolha

13 de abril de 2019 - 10:57

Levantamento aponta que 45% dos entrevistados dizem “confiar muito” em Exército, Marinha e Aeronáutica

Orientação aos quartéis

Bolsonaro estimula celebração do golpe militar de 64

25 de março de 2019 - 12:10

Generais da reserva que integram o primeiro escalão do Executivo pedem cautela no tom para evitar ruídos desnecessários diante do clima tenso e dos riscos de novas polêmicas

Desagrado geral

Reforma de militares tem regras mais brandas que as do INSS e de servidores

22 de março de 2019 - 11:44

Reestruturação das carreiras das Forças Armadas sofre forte resistência no Congresso, inclusive do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro

Entrevista

“Militares vão contribuir pouco para reforma”

22 de março de 2019 - 8:24

Professor da FEA-USP e coordenador do projeto Salariômetro da Fipe, Hélio Zylberstajn, avalia a proposta de mudança na previdência dos militares

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar