Menu
2019-11-25T14:28:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Impostos e contribuições federais

Arrecadação de impostos em outubro soma R$ 135,202 bilhões

Resultado veio dentro do intervalo de expectativas de 20 instituições ouvidas pelo Broadcast Projeções, que ia de R$ 115,300 bilhões a R$ 141,500 bilhões, mas abaixo da mediana de R$ 138,835 bilhões

25 de novembro de 2019
11:44 - atualizado às 14:28
Arrecadação
Imagem: Shutterstock

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 135,202 bilhões em outubro, com leve queda em relação ao mesmo mês de 2018 (-0,02%, já descontada a inflação), segundo a Receita Federal. Em relação a setembro deste ano, houve aumento real de 18,55%.

Na semana passada, o secretário especial da Receita Federal, José Tostes Neto, antecipou que o resultado da arrecadação ficaria em cerca de R$ 135 bilhões.

O resultado veio dentro do intervalo de expectativas de 20 instituições ouvidas pelo Broadcast Projeções, que ia de R$ 115,300 bilhões a R$ 141,500 bilhões, mas abaixo da mediana de R$ 138,835 bilhões.

Entre janeiro e outubro deste ano, a arrecadação federal somou R$ 1,264 trilhão, o melhor desempenho para o período desde 2014. O montante ainda representa avanço de 1,92% na comparação com igual período do ano passado. Na semana passada, o secretário havia dito que o valor alcançaria R$ 1,140 trilhão no ano.

A arrecadação de royalties de petróleo puxou para baixo a arrecadação em outubro. As receitas administradas por outros órgãos (compostas principalmente pelos royalties) caiu 15,44% no mês passado. O pagamento de royalties varia de acordo com o preço do petróleo, do dólar e do volume de produção.

Desonerações

As desonerações concedidas pelo governo resultaram em uma renúncia fiscal de R$ 78,475 bilhões entre janeiro e outubro deste ano, valor maior do que em igual período do ano passado, quando ficou em R$ 72,072 bilhões. Apenas no mês de outubro, as desonerações totalizaram R$ 7,765 bilhões, também acima do registrado em outubro do ano passado (R$ 7,379 bilhões).

Só a desoneração da folha de pagamentos custou aos cofres federais R$ 603 milhões em outubro e R$ 6,969 bilhões no acumulado do ano.

Imposto de renda

No mês de outubro, a arrecadação do Imposto de Renda Pessoa Física aumentou 21%. Contribuiu para isso o aumento no recolhimento de tributos sobre ganhos em bolsa, que subiu 570% em relação ao mesmo mês do ano passado, somando R$ 318 milhões.

No ano, a arrecadação de tributos sobre o lucro das empresas (IRPJ e CSLL) subiu 12,63%, puxando o resultado do ano, que sobe 1,92%.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Carona na "Villa XP"

Ações da JHSF sobem forte com acordo para desenvolver nova sede da XP Investimentos

Acordo entre as empresas prevê a venda de um terreno de 500 mil m2 da JHSF no Parque Catarina, no mesmo complexo onde a incorporadora desenvolve um aeroporto

Diretor do BC

Em cenário alternativo, inflação de 2021 se aproxima mais da meta, diz Kanczuk

Segundo Kanczuk, o cenário em que a demanda não cai tanto tem peso maior no balanço de riscos, gerando essa assimetria, citada no comunicado do Copom de junho

zerada desde abril

Governo estende até outubro isenção do IOF sobre operações de crédito

Alíquota do tributo tinha sido zerada em abril para amenizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus

ainda abaixo de 50

PMI Composto sobe para 40,8 pontos em junho, diz IHS Markit

Apesar dos avanços, houve indicações contrastantes no setor privado como um todo, diz relatório

A partir das 12h

AO VIVO: Seu Dinheiro discute o que pode mexer com seus investimentos no 2º semestre

Passado o primeiro semestre de 2020 e todas as turbulências externas e domésticas, o podcast Touros e Ursos vai discutir as perspectivas para o restante do ano — a transmissão será feita ao vivo, a partir das 12h

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements