2019-06-03T11:17:36-03:00
Estadão Conteúdo
baixa

PMI industrial cai em maio para menor nível em 11 meses, mostra IHS Markit

O Índice de gerente de compras industrial do Brasil caiu de 51,5 em abril para 50,2 em maio; resultado representa o menor nível nos últimos 11 meses

3 de junho de 2019
11:17
indústria-brasileira
Indústria brasileira - Imagem: José Cruz/Agência Brasil

O Índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Brasil caiu de 51,5 em abril para 50,2 em maio, informou a IHS Markit nesta segunda-feira, 3. O resultado representa o menor nível nos últimos 11 meses, quando o índice superou a marca 50,0, ponto neutro em relação à evolução do cenário.

A IHS Markit constatou um ritmo mais brando de expansão da atividade, declínio renovado no volume de vendas e cortes de postos de trabalho.

"A desaceleração se juntou a pressões inflacionárias intensificadas, com as cargas de custos e os preços de venda aumentando a taxas mais rápidas. Ao mesmo tempo, o sentimento em relação aos negócios se enfraqueceu atingindo o seu ponto mais baixo em mais de um ano e meio", explica a consultoria em relatório.

A economista Pollyanna de Lima, da IHS Markit, relata que o setor industrial brasileiro caminha para uma estagnação na metade do segundo trimestre, a partir do cenário político mais incerto e preocupante, desemprego ainda elevado, menor otimismo entre os agentes e dificuldades econômicas em importantes parceiros comerciais do Brasil.

"O volume de produção cresceu marginalmente apenas, e da maneira menos significativa desde a eleição do ano passado, com os pedidos de fábrica caindo em território de contração. As exportações caíram pelo sexto mês consecutivo, apesar da queda acelerada do real em relação ao dólar americano em maio", relata a economista.

Em relação às perspectivas para o setor, as empresas seguem otimistas com o horizonte de crescimento, porém a percepção positiva perdeu força, marcando o menor nível em um ano e meio, destaca.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

OLHA A FOGUEIRA

Me ajuda, São João! Itens de festas juninas ficaram 13,52% mais caros do ano passado para cá; confira produtos que subiram mais

Os principais itens são aqueles relacionados às commodities, influenciadas pelas cotações internacionais e dólar

FOLLOW-ON

Novas ações da Eneva (ENEV3) começam a ser negociadas na terça-feira e aumentam o caixa da empresa R$ 4 bilhões

O preço por ação ficou em R$ 14,00, levemente abaixo do desempenho dos papéis em negociação da empresa, que fecharam a sexta-feira cotados a R$ 14,73

Aperta o play!

Todos contra a Petrobras: pressões sobre a estatal transformaram as ações PETR3 e PETR4 em maus investimentos?

Após última alta nos preços dos combustíveis, governo intensificou a pressão sobre a petroleira, o que pesou sobre os papéis e também sobre o Ibovespa

SOB NOVA DIREÇÃO

Passou, mas não foi unânime: indicado para comandar a Petrobras (PETR4) é aprovado por comitê — confira a próxima etapa

Caio Mário Paes de Andrade é o quinto gestor da estatal no governo de Jair Bolsonaro, mas seu nome ainda não recebeu aprovação final

VAI FICA DENTRO OU FORA DESSA?

Prepara-se: Metaverso vem aí com jogos, ensino e comércio eletrônico — e deve movimentar US$ 5 trilhões

De acordo com a empresa de consultoria McKinsey, os gastos globais no metaverso podem chegar a US$ 5 trilhões até 2030. Desse total, o e-commerce é visto como o meio que oferece a maior oportunidade, com um valor de mercado previsto de US$ 2,6 trilhões.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies